CliP Mulher

Coluna da CLiP: Lugares distantes

Existem muitas maneiras de alguém te mandar para lugares distantes.

3 de março de 2023

Foto: Envato Elements

Existem muitas maneiras de alguém te mandar para lugares distantes. Lugares com os mais diversos nomes e de posições geográficas bastante peculiares, diga-se de passagem.

Uma dessas formas é demonstrando total desinteresse por você e por seus sentimentos. Isso acontece em muitas situações do cotidiano. Quando a pessoa diz que vai ver e não vê, que vai resolver e não resolve (e nem sequer te oferece um retorno sobre o assunto!), quando você espera uma simples resposta (sim ou não) e a resposta vem acompanhada de algo como me lembre depois.

Lembrar depois? Cá para nós, se você precisa lembrar alguém sobre algo… Sinceramente, eu me atrevo a dizer que tudo o que você disse para essa pessoa não tem a menor importância.

Sinto informar e sim, dói. E antes que alguém venha dizer um “mas” eu lanço mão de enormes parênteses. É claro que existem situações e situações, não é mesmo?

Vamos lá! Você consegue perceber a diferença. Existem realmente pessoas abarrotadas de afazeres pela responsabilidade da função que exercem, outras pela urgência de ações na qual não podem parar o que estão fazendo para se concentrarem em outras demandas, pedidos, convites ou simples falas. Sim, você sabe a diferença e eu não preciso explicar.

O engraçado é que no instante que alguém te manda para lugares distantes, a vontade que se tem é de mandá-la também para acompanhar a viagem ou ir para lugares ainda mais longínquos. E é nesse ponto que eu quero chegar! Pra que? Por que?

Isso é mais sobre você do que sobre o outro. Eu sei que é difícil porque tento dia após dia ao longo dos meus “cinco ponto zero”. Não é fácil, principalmente quando se tem nas costas mais passado do que futuro. Não é fácil, mas é possível.

Autoconhecimento, autocontrole, autoconfiança…isso tudo é seu! Só seu! É fazer do limão uma boa e refrescante limonada. No meu caso, uma crônica, um conto, uma história. Isso é sorrir para a vida, para os caminhos que te sugerem. Alguns você irá por conta própria, acredite em mim! Mas tudo aquilo que independe da vontade ou desejo do outro, é escolha sua! Escolha então o melhor para a sua vida! Existem apenas duas viagens que valerão por toda uma vida: a primeira será aquela que te revirar pelo avesso e te fizer pensar sobre a existência de tudo, sobre um assunto específico ou somente sobre você! A segunda é aquela em que você conhecerá pessoas, regiões e costumes. Em ambas você não precisará de dinheiro ou passaporte. Olhe para dentro de si ou apenas para os lados. Existe tanto para se ver, mas é preciso ter olhos preparados para isso.

Admirar a paisagem é o que realmente muito poucos fazem nessa vida!

Notícias relacionadas