Casa & Construção

Para impressionar

Uma sala de jantar ou cozinha com cristaleira pode abrigar taças, copos, jarras e louças bonitas, além, é claro, das peças que são herança de família

9 de maio de 2021

Muito além da praticidade deste móvel, a cristaleira é uma vitrine para os itens especiais que todos temos em casa. Uma sala de jantar ou cozinha com cristaleira pode abrigar taças, copos, jarras e louças bonitas, além, é claro, das peças que são herança de família.

continua após a publicidade

Porém, cristaleiras em salas e escritórios vêm assumindo um certo destaque, sendo utilizadas, também, como expositor de itens de coleção ou de decoração que são especiais para os moradores. E como o foco da cristaleira é “exibir”, hoje te darei dicas de como iluminá-las, seja modelos em vidro, de madeira antiga, metal ou totalmente planejadas.

Um recurso que vem possibilitando iluminar móveis de maneiras bem diferenciadas é a fita LED – ela permite a colocação em rebaixos na parte inferior e superior de prateleiras de madeira ou, ainda, colocadas na parte posterior de prateleiras de vidro, gerando efeitos bastante interessantes. Essas fitas geralmente recebem um acabamento em acrílico ou vidro jateado, para que a fita não fique aparente e possibilite a difusão mais uniformemente pelo móvel.

continua após a publicidade

As luminárias lineares em LED funcionam basicamente como as fitas, podendo ser feitas sob medida de embutir ou sobrepor, gerando uma iluminação, muitas vezes, mais potente do que as fitas. A vantagem das fitas e luminárias lineares, é que elas podem ser instaladas, tanto na posição horizontal, como na vertical, criando efeitos de iluminação bem variados.

A iluminação com mini spots adequados para móveis é, também, um recurso, caso seja necessário uma iluminação mais direcionada, focando em algum objeto específico, por exemplo, ou para cristaleiras que possuem mais distância entre as prateleiras.

Caso você já tenha a sua cristaleira pronta, nada impede que você adapte a iluminação contratando um eletricista e um marceneiro experiente. Para o projeto de iluminação, escolha do tipo de fita ou luminárias, spot, lâmpadas e para as alterações elétricas necessárias, a contratação de um arquiteto é essencial, afinal, um pequeno erro neste planejamento pode arruinar o visual bonito que você tanto deseja. Mãos à obra!

Por Cristina Fausel, arquiteta e designer de interiores

Notícias relacionadas

Mais Lidas

Publicidade