Sexta-Feira, 25 de Junho de 2021

facebook_icon

Hoje: Máx 30Cº / Min 19°C

Siga a gente -

Jornal de Pomerode

Edição Impressa

icon_user

Conhecimento para formar novos empreendedores

Senai promove roda de conversa com empreendedores, visando fomentar novas iniciativas nos estudantes

b3ecac945118a8cd07df53d1d1ad4448.jpg Foto: Isadora Brehmer / Jornal de Pomerode

Incentivar a formação de novos empreendedores em Pomerode. Este foi o objetivo de um evento promovido pelo Senai, em parceira com o Núcleo de Jovens Empreendedores da Acip, durante a segunda-feira, 07 de junho. Ao longo do dia, a turma do curso de Assistente Administrativo, recebeu seis empreendedores do município, para uma roda de conversa.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/2edbf97c4ed2488011199c38854cd348.jpg https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/d71818c47d981bb85097e8de3648507e.jpg https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/ffd61332a4e29290e4edbdc12b3cf4f1.png

 

Os participantes trouxeram a experiência vivida no ramo do empreendedorismo, compartilhando-a com os alunos, esclarecendo dúvidas e explicando como funciona o processo para abertura de um negócio, desde o planejamento até a concretização do empreendimento, falando sobre desafios e conquistas.

Participaram da roda de conversa Tatiane Doege e Josiane Doege Klowasky (Clube do DVD e Loja Pekeninus), Janice Greuel Kath (Germania), Cris de Sá (Studio Cris de Sá), Ronaldo Riffel Júnior (Riffel Moto Peças), e André Ricardo Krueger (JK Máquinas e Refrigeração).

De acordo com o professor do curso, Mac Bruno Nienow do Amaral, neste ano os alunos estão estudando a temática do empreendedorismo e, por isso, ele os desafiou a montar um plano de negócios. A intenção é que eles desenvolvam ideias de empresas que poderiam abrir, quando tiverem idade e conhecimento para tal.

“A intenção foi trazer os empreendedores da cidade, para incentivar nossos alunos, mostrando a eles que não é difícil empreender. É necessário planejamento, dedicação e força. Durante o dia, recebemos os empreendedores, de diferentes áreas, para as nossas duas turmas e foi muito produtivo”, enaltece o professor.

Para a coordenadora Vanessa Bachmann, este tipo de iniciativa agrega o contato com uma experiência prática, complementando o conhecimento adquirido com a teoria, em sala de aula.

“Sem essa vivência, se saberem o que realmente acontece no mercado de trabalho, os alunos não teriam a real noção, de quais são as necessidades, quais são os problemas que acontecem na vida real e até de onde que vem os sonhos. É muito importante saber como as empresas são criadas, porque os sonhos existem, de várias formas, mas a maneira como a gente executa estes sonhos, vai depender de como a gente se prepara, como a gente se organiza. Cada um dos empreendedores, nas diferentes áreas, veio trazer essa experiência para que os alunos possam entender um pouco melhor o que é ter sua própria empresa. Não basta ser só teoria, então, é por isso que a gente traz a prática junto”, finaliza.