Terca-Feira, 13 de Abril de 2021

facebook_icon

Hoje: Máx 30Cº / Min 19°C

Siga a gente -

Jornal de Pomerode

Edição Impressa

icon_user

Estado anuncia a liberação parcial de eventos sociais e parques aquáticos

Os detalhes do regramento serão publicados em decreto no Diário Oficial do Estado e em portarias da SES.

6f43f38a6227841a20a4d74eb05ab1ee.jpg Foto: Divulgação / Águas de São Bernardo

O governador Carlos Moisés anunciou nesta quinta-feira, 17 de dezembro, a liberação parcial de eventos sociais e parques aquáticos em Santa Catarina, desde que respeitados os protocolos sanitários. Os detalhes do regramento serão publicados em decreto no Diário Oficial do Estado e em portarias da Secretaria de Estado da Saúde (SES). O anúncio foi feito durante a inauguração do Centro de Inovação de Blumenau.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/ffd61332a4e29290e4edbdc12b3cf4f1.png https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/d71818c47d981bb85097e8de3648507e.jpg https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/2edbf97c4ed2488011199c38854cd348.jpg

 

As atividades ficam parcialmente liberadas desde que estejam de acordo com a matriz de risco epidemiológico-sanitário da Secretaria de Estado da Saúde (SES), sem prejuízo dos demais regramentos sanitários emitidos por autoridade federal, estadual ou municipal. “O que se propõe é a autorização de atividades específicas com um percentual maior de ocupação dos espaços. As definições estão alinhadas às práticas de convivência segura com o vírus, por isso, a importância de todos colaborarem para que esse convívio funcione”, afirmou o governador.

Os estabelecimentos deverão respeitar os protocolos e percentuais de funcionamento autorizados pela normativa, conforme os níveis de risco da Covid-19 em cada região do Estado.

Em nível gravíssimo, os parques aquáticos e complexos de águas termais estão autorizados a funcionar com ocupação de 50% e os eventos sociais podem ser realizados com 30% da capacidade.

 

Foto: Makito / Arquivo / Santur


 

O transporte coletivo e o horário de funcionamento das atividades não essenciais, como bares e restaurantes, serão tratados pela equipe técnica em nova reunião que deve ocorrer nesta sexta-feira, dia 18.

Cabe ao Estado a coordenação estadual e regional das ações, em compartilhamento com os municípios nas respectivas regiões de saúde, podendo os entes municipais estabelecer medidas mais restritivas do que as previstas pelas autoridades sanitárias federal e estadual, a fim de conter a contaminação e a propagação do coronavírus.

 

Leitos de UTI Covid-19

O governador também salientou que a rede de Saúde catarinense já ampliou em 100% o número de leitos de UTI e reforçou que novos leitos para pacientes confirmados ou com suspeita de Covid-19 serão reativados. Na quarta-feira, 16 de dezembro, a Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) aprovou a admissibilidade da Medida Provisória 231, que autoriza o Governo do Estado a custear as diárias dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva que ainda não foram habilitados pelo Ministério da Saúde.

Com isso, a capacidade de atendimento aos pacientes nas redes públicas estadual e municipal será ampliada em até 170 leitos para Covid-19. A previsão de custos do Governo do Estado é superior a R$ 30 milhões.

Fonte: Governo de SC

 



Tags: