Saúde

Atenção especial à Influenza

Número de casos de Influenza aumenta no Estado. Município ainda possui 900 doses de vacina disponíveis

15 de janeiro de 2022

Foto: Envato Elements

Além da preocupação com a Covid-19 neste início de ano, outro vírus vem ganhando espaço, sendo responsável por diversas infecções. A Influenza, ou gripe, normalmente se manifesta com febre alta, calafrios, tosse (que pode ser seca ou com expectoração), dor de cabeça, dor de garganta, cansaço, dor muscular e coriza.

continua após a publicidade

Segundo a Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (Dive-SC), pessoas de todas as idades são susceptíveis à infecção pelo vírus influenza. Porém, a evolução geralmente tem resolução espontânea em sete dias, embora a tosse, o mal-estar e a fadiga possam permanecer por algumas semanas. Alguns casos podem evoluir com complicações, cujas mais comuns são: pneumonia bacteriana e, por outros vírus, sinusite, otite e desidratação.

Alguns indivíduos estão mais propensos a desenvolverem complicações graves, especialmente aqueles com condições e fatores de risco para agravamento, entre esses: gestantes, adultos com idade maior que 60 anos, crianças com idade menor que dois anos e indivíduos que apresentem doença crônica, especialmente doença respiratória crônica, cardiopatia, obesidade (IMC ≥ 40), diabetes descompensada, Síndrome de Down e imunossupressão e imunodepressão.

continua após a publicidade

De acordo com a Técnica em Vigilância Epidemiológica Simone Steffens da Silva, o teste para a detecção da Influnza está sendo realizado somente nas pessoas internadas em UTI ou nos casos de óbito por síndrome gripal, que não tenham nenhum outro diagnóstico, conforme determinação do Ministério da Saúde.

Vale destacar que este é um vírus para o qual já existe vacina e, todos os anos, é realizada uma Campanha Nacional de Imunização. No entanto, no ano passado, devido ao início da vacinação contra a Covid-19, muitas pessoas deixaram de vacinar contra a Influenza.

A Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza de 2022 deve iniciar no mês de abril, mas ainda há 900 doses disponíveis da Campanha de vacinação do ano de 2021 nos postos de saúde.

“Ainda temos vacinas contra influenza disponíveis em todas as Estratégias de Saúde da Família (ESF). Lembrando que a vacina ofertada é a mesma que foi aplicada durante a campanha contra influenza em 2021 e está disponível para todas as pessoas que não receberam nenhuma dose, nos anos de 2021 e 2022”, afirma Simone.

As pessoas que receberem a dose e que fazem parte dos grupos prioritários para vacinação, devem receber também a vacina que será disponibilizada na campanha de vacinação contra Influenza de 2022, pois oferecem proteção para tipos de influenza.

Nesse caso, deverão observar um intervalo mínimo de 30 dias entre as doses. Portanto, é necessário atenção a este período.
As vacinas estão disponíveis em todas as ESF de segunda a sexta-feira, das 7h às 11h45min e das 13h às 15h45min. Vale destacar que, em virtude do aumento do número de atendimentos por Covid, quem procurar a ESF para vacinação deve estar atento quanto à utilização correta da máscara, higienização frequente das mãos e manter o distanciamento de outras pessoas, evitando aglomerações.

Pessoas com mais de 12 anos podem receber as vacinas contra Covid-19 e Influenza no mesmo dia ou sem observar nenhum intervalo. Quando a vacina contra Covid for oferecida para as crianças com idade entre cinco e 11 anos, essas devem observar um intervalo de 15 dias para aplicação de qualquer outra vacina do calendário vacinal

 

Prevenção

Outras formas de prevenção são: lavar bem, e com frequência, as mãos com água e sabão; evitar tocar os olhos, boca e nariz após contato com superfícies; não compartilhar objetos de uso pessoal e, ainda, cobrir a boca e o nariz com lenço descartável ao tossir ou espirrar.

Notícias relacionadas

Mais Lidas

Publicidade