Especiais

Asteroide passará “raspando” à Terra, esta noite

O 2023 BU tem diâmetro estimado entre 3,7m e 8,2m e viaja a uma velocidade média de 32.400 km/h.

26 de janeiro de 2023

Imagem: Getty Images via BBC

Os amantes dos mistérios do céu, a noite desta quinta-feira, 26 de janeiro será muito propícia. Isso porque o asteroide 2023 BU vai passar muito perto da Terra, por volta das 21h28min (pelo horário de Brasília), especialmente, no Hemisfério Sul.

O que assusta é a distância: cerca de 3.600 km do nosso planeta. Se você acha muito, os satélites que acompanham a rotação do planeta (chamados geoestacionários) estão a cerca 36 mil km da superfície terrestre – ou seja, a pequena rocha espacial estará a apenas 10% da distância usada por essas espaçonaves.

Quem descobriu 2023 BU foi o fabricante de telescópios e astrônomo amador russo Gennady Borisov, no último sábado, 21 de janeiro. Pelos seus cálculos, a rocha tem um diâmetro entre 3,7m e 8,2m e viaja a uma velocidade média de 32.400 km/h.

Considerando o seu tamanho máximo, o asteroide teria uma massa total em torno de 866 toneladas, ou seja, se atingisse a Terra, grande parte disso seria completamente consumida pela atmosfera, liberando uma energia equivalente a nove mil toneladas de TNT (substância utilizada em demolições).

“Geraria um belo meteoro, mas provavelmente não representaria risco algum em solo”, disse Marcelo Zurita, presidente da Associação Paraibana de Astronomia (APA), membro da Sociedade Astronômica Brasileira (SAB), diretor técnico da Rede Brasileira de Observação de Meteoros (Bramon) e colunista do Olhar Digital. Ou seja, sem preocupações desnecessárias!

E para quem quiser curtir, o evento será transmitido, ao vivo, por alguns dos mais conceituados canais astronômicos do YouTube, entre eles, o AstroNEOS, comandado pelo astrônomo amador Cristóvão Jacques, que fará uma live a partir das 20h.

Jacques é sócio fundador do Observatório Sonear, na cidade de Oliveira (MG), de onde vai tentar capturar imagens da aproximação da rocha espacial, caso as condições meteorológicas sejam favoráveis.

Com informações: Olhar Digital

 

Notícias relacionadas