Geral

Viebrantz viabiliza R$ 1.548 milhão em Brasília

O prefeito Reimund Viebrantz este em Brasília de onde voltou bastante satisfeito com os recursos obtidos: R$ 1.548 mil, deverão ser aplicados em várias obras e que deverão começar a ser liberados

15 de junho de 2000

O prefeito Reimund Viebrantz este em Brasília de onde voltou bastante satisfeito com os recursos obtidos: R$ 1.548 mil, que deverão ser aplicados em várias obras e que deverão começar a ser liberados ainda este mês. Em reunião com o presidente do Funasa, Mauro Ricardo Machado da Costa, Viebrantz conseguiu a liberação de R$ 430 mil para serem empregados na execução do projeto final do esgoto sanitário. Esta verba chega este mês, a fundo perdido, com apenas 10% da participação da administração.


Também a fundo perdido, o prefeito conseguiu a liberação de R$ 300 mil para a Ponte Alsleben, em Testo Central, que terá o seu vão em concreto, em substituição a ponte de madeira lá existente. “Viabilizaremos desta maneira um melhor acesso ao distrito industrial naquela localidade”, comemora Viebrantz. Esta verba também deverá chegar ainda este mês.


Para a Biblioteca, o prefeito conseguiu R$ 40 mil, que servirá para a aquisição de novas literaturas, setor que estava bem deficitário. “Pretendemos com estes recursos, melhorar o acervo existente na biblioteca”, justifica Viebrantz. Junto ao Ministério do Turismo, conseguiu a vinda de uma verba de R$ 30 mil, para a sinalização turística. “Tem turista que nem sabe como chegar a Pomerode”, garante o prefeito. Em três meses esta sinalização deverá estar pronta e colocada nos pontos principais.



Posto de Saúde


A patrulha mecanizada da prefeitura foi contemplada com R$ 100mil para a aquisição de uma retroescavadeira. Mais R$ 100 mil foram obtidos para a construção de uma quadra coberta na Escola Almirante Barroso, nos moldes da que está sendo construída na Escola Olavo Bilac. Viebrantz também conseguiu R$ 144 mil para a adequação de um Posto de Saúde, no prédio onde seria a rodoviária. Mas para que este dinheiro seja disponibilizado é preciso antes que a situação do terreno esteja regularizada. Conforme o prefeito, o terreno foi adquirido na gestão de Nélson Kikhoeffel e não foi integralmente pago, carecendo hoje de um acordo na Justiça. “A verba está garantida, mas o Ministério da Saúde só o libera assim que esta parte estiver resolvida”, explica.


Junto a este mesmo ministério, garantiu a verba de R$ 12 mil para a aquisição de um gabinete odontológico que será instalado numa escola em Ribeirão Areia. Conseguiu garantir ainda uma verba de R$ 312 mil, a ser liberada até o final do ano, para obras complementares no pavilhão de eventos no local da Festa Pomerana. Este pavilhão teve a sua construção iniciada em meados do ano passado, sendo concluída apenas uma parte.


Para a defesa Civil, trouxe R$ 80 mil, para o pagamento de empreiteiras que executaram obras de recuperação nas últimas enxurradas. Viebrantz garantiu ainda R$ 66 mil para ajudar o Pommernheimm. Este dinheiro deverá chegar em Pomerode ainda este mês. Reimund Viebrantz também garantiu R$ 150 mil para assistência financeira do Hospital e Maternidade Rio do Testo. O prefeito explica que esta verba virá após o hospital proceder a prestação de contas.

continua após a publicidade

Notícias relacionadas

Mais Lidas

Publicidade