Meio Ambiente

Veja o que acontece quando o peixe-remo aparece e por que ele está ligado a tragédias

Este peixe tem, em média, três metros de comprimento, podendo chegar a impressionantes 11 metros

7 de junho de 2024

Foto: Reprodução/Twitter/KMPH

Uma lenda envolve a aparição de um peixe raro, o qual é temido em muitos lugares do mundo. Conhecido como peixe-remo, ele é associado a eventos naturais extremos, como terremotos, que supostamente ocorrem pouco tempo após sua aparição.

Essa crença se popularizou em 2011, no Japão, após o tsunami que resultou no desastre de Fukushima. O peixe-remo foi avistado nas proximidades da costa japonesa, dias antes da tragédia.

Recentemente, a aparição desse animal, em uma praia do Vietnã, assustou os moradores locais. Ele também foi avistado no México, em maio deste ano.

A tradição de que o peixe-remo surge em áreas costeiras pouco antes de uma catástrofe natural, está ligada ao seu habitat. Segundo a ONG norte-americana Ocean Conservacy, esse peixe é encontrado em águas profundas, a até mil metros de profundidade.

Em uma entrevista ao g1, o professor de oceanografia, Paulo Ricardo Schwingel, explicou que o peixe-remo é encontrado em todo o mundo, exceto nas regiões polares.

“É um dos maiores peixes no planeta (em comprimento). Se pensarmos em grupos de peixes ósseos (o que exclui os cartilaginosos como o tubarão), é o maior do planeta” explicou o professor.

Além disso, o peixe-remo possui uma característica extremamente rara: a capacidade de autoamputação.

“O corpo é tão longo que ele come parte da cauda, talvez, por fome” disse. Isso é evidente quando o animal é avistado com a cauda amputada.

O peixe-remo tem, em média, três metros de comprimento, podendo chegar a impressionantes 11 metros.

Com informações do Portal G1

Notícias relacionadas