Geral

PMDB Busca a Verdade

Segundo o Presidente do PMDB de Pomerode, Dárcio Doege, o partido pretende apurar até o fim, todas as irregularidades apontadas na administração municipal.

15 de outubro de 1999

Segundo o Presidente do PMDB de Pomerode, Dárcio Doege, o partido pretende apurar até o fim, todas as irregularidades apontadas na administração municipal. A postura de partido é de votar o Relatório da CPI que investiga os desvios de verbas públicas do Município deverá estar pronta no início de Outubro. O PMDB tem compromisso com a verdade dos fatos, e vai apurar todos os fatos, independente de seus responsáveis.


“A denúncia que envolve o ex-prefeito Nelson Kickhoeffel, atualmente no PPB, não intimida o partido”, ressaltou Doege. O ex-prefeito não está mais filiado ao PMDB e, mesmo assim, se constatada a irregularidade, deverá responder por seus atos. O atual prefeito Henrique Drews Fº deverá também responder pelos desvios apontados pelo Tribunal de Contas, devolvendo os recursos aos cofres públicos, e respondendo junto à Justiça, na medida de sua responsabilidade.


Para Doege, o resultado da CPI deverá ser votado pelo PMDB com uma única orientação. Se confirmadas as irregularidades, os vereadores votarão pelo encaminhamento ao Judiciário, para que sejam processados os responsáveis.


Quanto a um possível afastamento do atual prefeito, pela Câmara de Vereadores, o Presidente do PMDB diz que depende exclusivamente dos vereadores sua proposição, e a eles igualmente cabe a escolha.


“O PMDB não manchará seu nome e não vai se comprometer com irregularidades administrativas, pois o compromisso do partido e sua bancada é com a transparência na administração e com a população de Pomerode. Está na hora de passar a história de Pomerode a limpo”, completou Dárcio Doege, que é o virtual candidato do PMDB às eleições municipais do ano 2000.

continua após a publicidade

Notícias relacionadas

Mais Lidas

Publicidade