Polícia

Mulher é vítima de feminicídio em Joinville: Esse é o terceiro caso do mês na cidade

A guarnição foi acionada por uma amiga da mulher. Em ligação, ela informou que o ex-namorado invadiu a casa da vítima e estaria tentando matá-la

11 de março de 2024

Foto: Divulgação/Polícia Militar

Na noite do último domingo, 10 de março, por volta das 22h, uma mulher foi morta no bairro Aventureiro, em Joinville. O suspeito seria um ex-namorado da vítima.

Segundo informações da Polícia Militar, a guarnição foi acionada por uma amiga da mulher. Em ligação, ela informou que o ex-namorado invadiu a casa da vítima e estaria tentando matá-la.

Chegando no local, os policiais chamaram e bateram palma, mas ninguém atendeu. Um homem chegou no local, e informou que deixou a mulher de 53 anos em casa, e depois chegou o ex-namorado dela, de 56 anos.

Como ninguém atendeu os chamados dos policiais, eles entraram na casa e encontraram sinais de arrombamento na porta e gotas de sangue no chão e na parede da cozinha.

A vítima estava caída no chão e sem sinais vitais. O ex-namorado estava deitado sobre ela, com uma faca de cozinha cravada no peito, que indicava uma tentativa de defesa da vítima. O mesmo foi encaminhado ao Hospital São José.

Não há informações atualizadas sobre o quadro de saúde do indivíduo e ele não possui registros criminais.

A Delegacia de Homicídios e a Polícia Cientifica também foram acionadas para analisar o local. Segundo a PM, os peritos informaram que a vítima tinha um corte no peito.

Uma testemunha relatou aos policiais que durante a tarde de domingo, os dois indivíduos estavam em um baile e até dançaram juntos. Mas após o baile, o homem teria dito que iria fazer uma besteira, pois não aceitava o fim do relacionamento.

O caso está sendo tratado como feminicídio.

Notícias relacionadas