Saúde

Jovens deputados proíbem cigarros eletrônicos e narguilés em locais públicos

Votação ocorreu na última quinta-feira, 30 de junho.

5 de julho de 2022

Foto: Envato Elements

Com 21 votos favoráveis e 19 contrários foi aprovado projeto de lei proibindo o consumo de cigarros eletrônicos e narguilés em espaços públicos fechados, parques e praças.

continua após a publicidade

O projeto foi apresentado por integrantes da Escola Raul Pompéia, de Campo Erê, que participam da 29ª edição do Parlamento Jovem, cuja votação ocorreu na tarde da última quinta-feira, 30 de junho, no Plenário da Assembleia Legislativa.

Segundo os propositores da lei aprovada, o narguilé pode causar intoxicação por monóxido de carbono e o ácido benzoico, presente nos cigarros eletrônicos, causa inflamações nos pulmões, aumentando o risco de pneumonias graves.

continua após a publicidade

“O cigarro eletrônico está em alta, há uma febre, com 10 minutos utilizando são 30 mg de nicotina ingeridas, equivalente a um maço e meio de cigarros, é muito prejudicial à saúde”, informou a deputada Bruna Isadora Gerhardt.

Fonte: Agência Alesc

 

Notícias relacionadas

Mais Lidas

Publicidade