Polícia

VÍDEOS: aves são resgatadas em operação contra o tráfico internacional de animais silvestres em Santa Catarina

Penas para esses crimes podem ultrapassar 8 anos de reclusão

9 de julho de 2024

Foto: PF/Divulgação

Na manhã desta terça-feira, 09 de julho, a Polícia Federal deflagrou a operação “Cygnus”, com o objetivo de combater o tráfico internacional de animais silvestres.

Na ação, estão sendo cumpridos dois mandados de prisão, sendo um em Florianópolis e um em Rodeio, além de 6 mandados de busca e apreensão, sendo dois em Florianópolis, um em Angelina, um em Rodeio e dois em Jaraguá do Sul.

Os mandados foram expedidos pela 1ª Vara Federal de Florianópolis, que também determinou o sequestro de veículos.

As investigações, iniciadas no ano de 2022, identificaram um grupo de Santa Catarina que estaria traficando animais silvestres entre Brasil, Argentina e Uruguai.

Durante as diligências, a PF identificou uma organização estruturada, compostas por traficantes de animais, apoio logístico, intermediadores e compradores em todo o sul e sudeste brasileiro, além de região fronteiriça.

Os investigados realizavam sucessivas viagens para a fronteira e utilizavam veículos alugados para fazer o transporte dos animais na tentativa de dificultar as investigações. Um deles já havia sido abordado diversas vezes em rodovias do sul do Brasil, nas quais foram lavrados termos circunstanciados de ocorrência.

Foto: PF/Divulgação

Na operação foram resgatadas 91 aves, sendo 79 na cidade de Rodeio, e 12 na cidade de Florianópolis.

Os envolvidos responderão por crimes contra o meio ambiente, receptação qualificada e envolvimento em organização criminosa voltada ao tráfico de animais. As penas para esses crimes podem ultrapassar 8 anos de reclusão.

Confira os vídeos da operação:

Notícias relacionadas