Polícia

Vídeo: Polícia desarticula quadrilha que roubava carros de luxo por “encomenda”, em SC

Ladrões levavam poucos minutos para abrir os veículos e desativar avançados sistemas de segurança.

13 de julho de 2022

Foto: Divulgação/PRF

Desde o início da manhã desta quarta-feira, dia 13 de julho, aproximadamente 360 agentes da Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar, Polícia Civil e Polícia Científica de Santa Catarina cumprem 26 mandados de prisão e 60 de busca e apreensão em 11 cidades do estado. A força-tarefa desarticula organização criminosa especializada em furto e clonagem de carros de luxo.

continua após a publicidade

As equipes estiveram em endereços residenciais e comerciais. Foram apreendidos veículos, documentos, dinheiro em espécie, duas armas, peças automotivas e pequena quantidade de drogas.

A PRF mobilizou 100 policiais e trinta viaturas para esta operação, batizada de “60 Segundos”. O nome faz referência a um filme sobre ladrões de carros, que realizavam furtos sob encomenda. Não por coincidência, o esquema praticado pela quadrilha era semelhante: em muitos casos, os modelos de carros eram encomendados previamente.

continua após a publicidade

A quadrilha atuava principalmente entre Itapema e Balneário Camboriú. Por serem cidades com grande presença de turistas, caminhonetes e SUVs de elevado valor costumam estacionar nas ruas, já que nem sempre há vagas suficientes nas garagens. Os criminosos se aproveitavam deste fato para agir. Em poucos minutos, abriam os veículos, desativavam os sistemas de segurança e conseguiam fugir.

O destino dos automóveis era o desmonte ou a clonagem. As peças importadas, vendidas individualmente, rendiam altas somas para a organização criminosa. E os clones eram vendidos como veículos legalizados para compradores de diversos estados.

Em 2020, policiais militares e rodoviários federais perceberam a frequência do furto de caminhonetes de luxo. Há um ano, foram iniciadas as investigações que culminaram na operação de hoje.

Os mandados de prisão e de busca e apreensão, expedidos pela Vara Criminal de Blumenau, foram cumpridos em Barra Velha, Penha, Ilhota, Balneário Camboriú, São José, Palhoça, Florianópolis, Blumenau, Santo Amaro da Imperatriz, Águas Mornas e Otacílio Costa.

As ações foram coordenadas pelo GAECO, união de forças que integra Ministério Público, Polícias Militar, Civil, Rodoviária Federal e Penal, pela Receita Estadual e Corpo de Bombeiros Militar. O GAECO tem como finalidade a identificação, prevenção e repressão às organizações criminosas.

Notícias relacionadas

Mais Lidas

Publicidade