Mundo

Sons de “batida” são detectados em local de busca por submarino desaparecido; operação corre contra o tempo

Nas buscas pelo submarino Titan, que leva pessoas para verem os destroços do Titanic, foram captados sons de “batida”, que podem estar relacionados ao submersível

21 de junho de 2023

Foto: OceanGate / via CNN Brasil

Uma operação especial segue sendo realizada em busca do submarino turístico desaparecido, que iria visitar os destroços do Titanic. Equipes de resgate correm contra o tempo para encontrar a expedição, já que existe uma quantidade limitada de suprimento de oxigênio.

O submarino da empresa OceanGate está desaparecido desde o domingo, 18 de junho, e tinha cinco pessoas a bordo. Segundo a guarda costeira, a missão de busca é extremamente complexa e restariam, agora, menos de 24 horas de oxigênio para as pessoas a bordo do Titan.

Nesta quarta-feira, mas uma embarcação se juntou à equipe de busca, com recurso de sonar de varredura lateral. Dois veículos de comunicação dos EUA divulgaram um memorando interno vazado, que afirma que uma aeronave canadense detectou “sons de batidas” subaquáticos.

Este memorando teria sido enviado ao Departamento de Segurança Interna dos EUA e afirmava que os sons aconteciam em um intervalo de 30 minutos, vindos da área onde a busca é realizada.

Uma hora depois destas notícias, foi confirmado pela Guarda Costeira dos EUA que estes ruídos subaquáticos foram captados pela aeronave. No entanto, o contra-almirante John Mauger disse à BBC que há muitos objetos metálicos no local onde ficam os destroços do Titanic, e que poderiam estar causando o barulho.

 

O desaparecimento do submarino Titan

No domingo, 18 de junho, o submarino Titan, com cinco pessoas a bordo, iniciou sua descida rumo aos destroços do Titanic, em um passeio turístico. Uma hora e 45 minutos depois do início desta descida, a tripulação do Titan perdeu contato com o Polar Prince, seu navio de base.

Desde então, iniciaram-se as buscas, em um esforço internacional, para tentar encontrar o submarino da OceanGate. Segundo a Guarda Costeira dos EUA, o suprimento de oxigênio do submersível seria suficiente apenas até cerca de 6h desta quinta-feira (22), no horário de Brasília.

As buscas se concentram na região próxima ao ponto onde ficam os destroços do Titanic, a cerca de 700 km ao sul da cidade de St John’s, no Canadá, mas foram iniciadas a partir de Boston, nos EUA.

A missão conta com agências, militares e empresas de EUA e Canadá, com aviões militares, um submarino e sonoboias, e as buscas compreendem a parte submersa, mas também a superfície.

Segundo a operadora OceanGate, o Titan é um dos únicos cinco submarinos tripulados, no mundo, capazes de chegar aos destroços do Titanic, a 3.800 metros de profundidade.

De acordo com uma reportagem da rede de TV americana CBS, o Titan teria sete sistemas de segurança para ajuda-lo a voltar a superfície.

Com informações de BBC

Notícias relacionadas