Polícia

Polícia Civil fecha empresa de Massaranduba que processava peixes para vender na China

Durante a operação, foram identificadas aproximadamente 4,5 toneladas de peixe em um contêiner

23 de fevereiro de 2024

Foto: Polícia Civil/Divulgação

Na manhã de quarta-feira, 21 de fevereiro, a Polícia Civil apoiou a operação realizada pelo Ministério da Agricultura e Agropecuária (Mapa), pela Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc) e pela Vigilância Sanitária da Prefeitura de Massaranduba.

Os órgãos realizaram uma vistoria a um estabelecimento industrial que processava produtos de origem animal e exportava para a China.

No local, os fiscais observaram que o processamento estava sendo realizado sem seguir procedimentos de higiene adequados e desconsiderando as normas técnicas de segurança alimentar estabelecidas para esse tipo de serviço.

Além disso, também verificaram que não havia qualquer documento com autorização, como o Serviço de Inspeção Federal (SIF) ou o Serviço de Inspeção Estadual (SIP), que permitisse o processamento e exportação.

Durante a operação, foram identificadas aproximadamente 4,5 toneladas de peixe em um contêiner, alguns sendo manipulados pelos funcionários em uma sala de limpeza e outra parte em uma estufa.

Entre os produtos apreendidos estavam bexigas natatórias de peixe e barbatanas de tubarão. O material foi encaminhado a um aterro sanitário, em Timbó.

Foto: Polícia Civil/Divulgação

Notícias relacionadas