Polícia

Polícia Civil cumpre mandados de prisão por tráfico de drogas e lavagem de dinheiro, em Blumenau

Outros mandados também foram realizados em diferentes cidades de Santa Catarina

15 de maio de 2024

Foto: Polícia Civil/Divulgação

Na manhã desta quarta-feira, 15 de maio, a Polícia Civil, através da DIC e DRFR de Blumenau/SC, deflagrou operação policial denominada “surpresa” para cumprir 12 mandados de prisão preventiva e 25 de busca e apreensão, além do sequestro e indisponibilidade de bens, direitos e valores em desfavor de pessoas envolvidas com o tráfico de drogas e lavagem de dinheiro.

A operação contou com o apoio da DIC de Itajaí, DIC de Balneário Camboriú, DIC de Brusque, DIC de São José, da DPCo de Ascurra, DTCA, DRP e DPCAMI de Blumenau, DPCo de Brusque, DPCo de Tijucas, DPCo de Camboriú, CPP de Balneário Camboriú e das 3ª, 4ª e 5ª DPCos de Joinville. Ao todo, 65 policiais civis participaram da operação.

Em maio de 2023, a DIC de Blumenau cumpriu mandado de busca e apreensão contra um investigado por tráfico de drogas na cidade de Porto Belo/SC. Na oportunidade, o alvo da diligência não foi localizado, mas havia um casal no imóvel que estava de posse de um veículo avaliado em R$145.000,00, bem comum mantinha em espécie a quantia de R$71.901.00. De imediato, o casal negou qualquer vínculo com o investigado procurado.

Todavia, no decorrer das investigações, comprovou-se não só uma estreita relação entre o casal e o principal investigado como também um forte esquema de lavagem de dinheiro proveniente do tráfico de drogas.

Foto: Polícia Civil/Divulgação

A partir da análise financeira dos investigados (a maioria com passagens pelo crime de tráfico de drogas), foi possível demonstrar que o grupo criminoso movimentou mais de 112 milhões de reais.

A fim de cessar a prática de crimes, representou-se pela prisão preventiva, busca e apreensão, sequestro e indisponibilidade de bens, direitos e valores dos investigados, medidas prontamente deferidas pelo Poder Judiciário de Blumenau.

As buscas foram realizadas nas cidades de Blumenau, Balneário Piçarras, Balneário Camboriú, Camboriú, Itapema, Porto Belo, Governador Celso Ramos e São José.

11 pessoas já foram presas na operação. Além de celulares, computadores e documentos, que ainda serão analisados, dinheiro, automóveis e um quadriciclo foram apreendidos.

A polícia Civil tem um prazo de 30 dias para concluir as investigações. Os presos foram encaminhados ao Presídio Regional de Itajaí.

Notícias relacionadas