País

Pai e filho morrem após queda de avião bimotor, entre Rondônia e Mato Grosso

O acidente ocorreu no sábado, 29 de julho

31 de julho de 2023

Foto: Divulgação / Corpo de Bombeiros

Pai e filho morreram após a queda de um avião bimotor, na divisa entre Rondônia e Mato Grosso. Os destroços da aeronave foram encontrados na manhã deste domingo, 30 de julho.

Estavam no avião Garon Maia, pecuarista e piloto, e seu filho, Francisco Veronezi Maia, de apenas 11 anos. O avião acabou caindo em uma área de mata fechada.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, em informações publicadas pelo G1, o avião era um modelo Beechcraft Baron 58 e decolou do aeroporto de Vilhena (RO) no fim da tarde de sábado (29), por volta das 17h50min. No entanto, a aeronave desapareceu do radar minutos depois.

As buscas começaram ainda na noite de sábado, mas naquele momento nenhum sinal do avião bimotor foi encontrado. Já na manhã de domingo, durante buscas terrestres dos militares, a pé, os destroços foram encontrados, bem como os corpos de pai e filho.

Nesta segunda-feira, 31, o Centro de Investigação de Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) começou a investigação das causas da queda do avião bimotor.

De acordo com a reportagem do G1, Garon era pecuarista, muito conhecido na região de Vilhena e com experiência como piloto de avião de pequeno porte.

No fim da tarde deste sábado (29), ele o filho decolaram com destino à fazenda Uberaba, em Comodoro (MT). O avião caiu em próximo a uma área conhecida como Cachoeira das Cavernas, onde há densa vegetação.

Com informações de Portal G1

Notícias relacionadas