Domingo, 25 de Julho de 2021

facebook_icon

Hoje: Máx 30Cº / Min 19°C

Siga a gente -

Jornal de Pomerode

Edição Impressa

icon_user

Vídeo: Paciente recebe alta após ficar 73 dias internada por Covid-19 no Hospital Santo Antônio

Com balões e cartaz a paciente Tatiane de Lima Alves Rautenberg foi surpreendida pelo carinho da equipe no momento de sua alta

cada2592f2833ba518ba1d2bc181f862.jpg Foto: Larissa Machado / Comunicação HSA

73 dias, 10 semanas ou dois meses e meio. Esse foi o tempo que Tatiane de Lima Alves Rautenberg de 46 anos ficou internada no Hospital Santo Antônio em decorrência da Covid-19, e na segunda-feira, 14 de junho, foi o dia da tão sonhada alta.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/2edbf97c4ed2488011199c38854cd348.jpg https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/5d20babe97804f01548776e07c916f67.jpg https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/f1f03f6df5bbc79a227c5416135069a7.jpg

 

Desde o dia que veio ao Pronto Socorro, encaminhada pela Vila Germânica, a família da blumenauense viveu diversos sentimentos, as notícias de intubação e encaminhamento para a UTI, seguida do tempo de internação e do quadro grave do qual enfrentava, não foram motivos para abalar a família, que sempre acreditou na melhora da paciente.

Tatiane foi acompanhada por diversos médicos durante o período de internação, mas a responsabilidade de dizer que a paciente estava de alta naquele dia, foi da Residente em Clínica Médica, Nyara Walleska Maciel de Franca, acompanhada do seu preceptor o Dr. Leonardo Rodrigues da Silva. “É gratificante depois de um período prolongado de internação, você poder dar uma notícia dessas ao paciente e familiares” finaliza Nyara.

Ao receber a notícia da alta, Tatiane e Rubia, sua filha, não conseguiram conter a emoção, assim que a médica confirmou a alta para o dia, as duas caíram no choro. Para Rúbia “Depois de tudo que passamos, os dias de internações, as angustias, poder levar minha mãe para casa é uma felicidade sem explicação. ”

Com balões e cartaz a paciente Tatiane foi surpreendida pelo carinho da equipe no momento de sua alta. Tatiane agradeceu o carinho de toda a equipe no cuidado com ela e com os outros pacientes “Que vocês continuem ajudando as pessoas, que Deus deu esse dom para vocês e que repassem o carinho para as equipes da noite e do outro turno”, finalizou.

Texto: Larissa Machado/ Comunicação HSA