Quarta-Feira, 27 de Maio de 2020

facebook_icon

Hoje: Máx 30Cº / Min 19°C

Siga a gente -

Jornal de Pomerode

Edição Impressa

icon_user

Satélites da SpaceX “invadem” os céus do Brasil

Enquanto eles fazem o seu caminho lentamente em direção à órbita, ficam visíveis a olho nu.

b14f3f36c73c3fb152e880fa44ab6912.jpg Foto: Divulgação

Por volta das 18h30min deste domingo, dia 10 de maio, brasileiros puderam ver uma movimentação de luzes no céu. Diferente do que muitos pensaram, não se trata de nenhuma visita de outra planeta, mas sim, da passagem dos satélites Starlink, da SpaceX.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/da5766e97c60e8759e4c3acec5c7284a.jpg https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/b6557b3fc353d86e08085bfc422c0203.jpg

 

Na noite deste Dia das Mães, as redes sociais foram tomadas por diversas imagens que registraram a passagem da frota espacial de Elon Musk. O fenômeno já havia sido presenciado por lentes curiosas no Brasil durante o mês de abril, e vai se repetir mais algumas vezes por aqui.

Quem quiser acompanhar a trajetória dos satélites da SpaceX pode usar o app Find Starlink, que também possui uma versão web. A ferramenta funciona de uma maneira muito simples: você coloca sua localização e ele diz exatamente quando haverá uma passagem brilhante de um satélite Starlink. No Brasil, um novo “trem de satélites” deve cruzar os céus por volta das 19h desta segunda-feira, dia 11.

A SpaceX libera lotes de 60 satélites e, enquanto eles fazem o seu caminho lentamente em direção à órbita, ficam visíveis a olho nu como uma linha de luzes brilhantes em movimento no céu noturno. Atualmente, 422 satélites Starlink já estão em órbita, e a expectativa é que o número pule para 4.408 até o final deste ano.

 

 

O que é Starlink?

Trata- se de um projeto de desenvolvimento de constelações de satélites em andamento, para desenvolver uma plataforma de satélites de baixo custo e alto desempenho e transceptores terrestres de clientes necessários para implementar um novo sistema de comunicação baseado na internet. Cada satélite Starlink pesa, aproximadamente, 227 kg, possui um design de painel plano que possui múltiplas antenas de alto rendimento e um painel solar.

Esta grande constelação de satélites artificiais orbitando em volta do planeta formará a espinha dorsal de uma rede global de internet de banda larga.

Fonte: tecmundo.com.br



Tags: