Quarta-Feira, 27 de Maio de 2020

facebook_icon

Hoje: Máx 30Cº / Min 19°C

Siga a gente -

Jornal de Pomerode

Edição Impressa

icon_user

Presidente Gilmar Knaesel faz Balanço Legislativo

Eleito presidente da Assembléia Legislativa em primeiro de fevereiro, Gilmar Knaesel reuniu a imprensa para apresentar um balanço dos três primeiros meses à frente do Poder Legislativo catarinense

Eleito presidente da Assembléia Legislativa em primeiro de fevereiro, Gilmar Knaesel reuniu a imprensa para apresentar um balanço dos três primeiros meses à frente do Poder Legislativo catarinense. Destacou que a atual mesa diretora tomou nesse período algumas decisões importantes. A primeira, determinou que uma comissão especial fizesse um levantamento de todas as despesas da Casa, buscando a economia de recursos gastos – trabalho esse já concluído. Outra comissão, com 70% das atividades já realizadas, está fazendo uma revisão completa da folha de pagamento de aproximadamente 1.400 funcionários(ativos, inativos e comissionados). Com os dois relatórios em mãos, o presidente pretende através de consenso legal entre deputados e funcionários, diminuir as despesas. “Não pretendemos tirar de nenhum funcionário benefícios legalmente concedidos”.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/da5766e97c60e8759e4c3acec5c7284a.jpg

 

Sobre o projeto de resolução que aumenta de cinco para até 12 comissionados em cada gabinete parlamentar, Knaesel reafirmou que não haverá aumento de despesas. “ Pelo contrário, se cada gabinete contratar o número máximo de funcionários comissionados, a Assembléia terá economia anual  de R$ 294 mil. “Uma das justificativas é que será maior o número de salários que não alcançarão o índice para pagamento do imposto de renda”, afirmou.

Com o objetivo de investir na área de recursos humanos, Gilmar Knaesel determinou a realização de cursos internos e externos – todos gratuitos, envolvendo 640 funcionários.

Informou que nos próximos meses, a Assembléia Legislativa  estará integrada à comunidade virtual do Poder Legislativo – a INTERLEGIS, que consiste numa rede de comunicação e informação entre os parlamentares, nas esferas federal, estadual e municipal.

Para a aproximação maior entre os deputados e a população, na próxima semana será instalado um painel eletrônico na entrada da Assembléia, com informações por exemplo, dos projetos dos deputados. Para o segundo semestre, disse ainda que será implantada a votação eletrônica no plenário.

O duodécimo foi outro assunto da coletiva. Ressaltou que o  acordo feito com o governo do Estado, de pagamento em três parcelas mensais “está sendo cumprido religiosamente”. Por outro lado disse que sobre a LDO encaminhada pelo governo,  a Assembléia não vai aceitar a definição de receita líquida disponível. “Não concordamos com os descontos do duodécimo em função da rolagem da dívida do Estado feita pelo governo passado”.

Gilmar Knaesel concluiu a coletiva afirmando que os trabalhos legislativos estão sendo desenvolvidos de forma transparente e voltados à comunidade catarinense. Frisou as atividades das comissões especiais, “com destaque para assuntos primordiais, como BR101, desemprego e BESC”.