Terca-Feira, 19 de Outubro de 2021

facebook_icon

Hoje: Máx 30Cº / Min 19°C

Siga a gente -

Jornal de Pomerode

Edição Impressa

icon_user

Pomerodenses se destacam em corrida de aventura

Edição da Odisseia Ultra Trail Run, realizada em Urubici, colocou atletas de Pomerode entre os primeiros colocados.

f98e5793bea5a26074ac62b0e3e3bbaa.jpg Foto: Adriane Carmignan

Três representantes pomerodenses fizeram bonito, entre os dias 04 e 06 de setembro, quando a cidade de Urubici recebeu a edição 2021 da Odisseia Ultra Trail Run, uma das mais desafiantes e belas corridas de aventura do Brasil.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/1c7731845aff525f30b91045a8aa2e55.jpg https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/d71818c47d981bb85097e8de3648507e.jpg https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/ffd61332a4e29290e4edbdc12b3cf4f1.png

 

Além deles, atletas vindos de outros municípios de Santa Catarina e, também, do Rio de Janeiro, São Paulo, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraná e Sergipe, percorreram trilhas, charcos e cânions da cidade, em duas categorias: 30K, disputada no dia 04, com 867m de subida acumulada; e 90K, divididos em três etapas, com altimetria acumulada em quase 3.000m.

Na prova dos 30K, Silvana Schlüter ficou na segunda colocação em sua categoria (35 a 44 anos), com o tempo de 4:04’55”, e na sétima posição geral. Já Márcio Rahn foi o primeiro colocado, na mesma categoria, completando o percurso em 3:06’56”, tempo que o colocou entre os seis melhores na classificação geral. Ambos, que representam a Voigt Runners e a Pomerode Runners, destacam a emoção de poder participar de uma prova tão emblemática como a Odisseia Ultra Trail Run.

 

Silvana Schlüter, sétima colocada geral nos 30K  |  Foto: Adriane Carmignan


 

“Participar foi, literalmente, se aventurar na montanha, afinal, foram 30 km de uma mistura de sentimentos, emoções e adrenalina, o que exigiu muita força do corpo e da mente. Poder voltar às provas presenciais e reencontrar pessoas queridas, foi muito gratificante. A conexão com a natureza, entre paisagens de uma beleza estonteante e lugares alucinantes, tornaram a prova muito desafiante. Sou muito grata por ter saúde para participar desse esporte e por contar com pessoas incríveis nesta jornada”, destaca Silvana.

Já para Rahn, a “Odisseia” vai ficar marcada, para sempre. “Tivemos uma grande preparação para esta prova, até porque, ela não foi realizada no ano passado, por conta da pandemia. E só quem participa deste desafio, pode descrever a emoção e a dificuldade que ela traz. Por outro lado, cada quilômetro percorrido, te leva a destinos extraordinários. A visão que se tem ao chegar no topo dos cânions, é fantástica. Sentir o vento no rosto e as gotas de suor caindo, te desafia a correr ainda mais. É a melhor sensação do mundo. Uma prova de superação, que te motiva a voltar”, enfatiza.

 

Márcio Rahn, sexto colocado geral nos 30K  |  Foto: Divulgação


 

Já nos 90K, quem fez bonito foi Rosa Francisco da Silva Kuglin, vice-campeã geral, no naipe Feminino, com o tempo de 12:41’25”. Ela, que também representa o time da Voigt Runners e da Pomerode Runners, descreve esta sua estreia nas provas de longa distância. “Eu escolhi a ‘Odisseia’ pela magia que traz, em suas trilhas e cânions. O visual é incrível e a energia entre os atletas, foi a melhor coisa que senti. Meu foco foi chegar ao pódio, pois sempre acreditei, sonhei e me preparei, principalmente, em trilhas e morros de Pomerode. Não vejo a hora de chegar a próxima edição, para poder rever os novos amigos que conquistei. Agradeço a minha família pelo apoio e a todos que fizeram este sonho possível”, enfatiza a atleta.

 

Rosa Kuglin, vice-campeã geral nos 90K  |  Foto: Divulgação


 

Voigt Runners

Nesta edição da prova, a equipe Voigt Runners, de Timbó, foi o grande destaque nos 30K, com o atleta Fabrício Kannenberg sendo o campeão geral e batendo o recorde da prova, com 2:40’40”. Para completar, o seu parceiro de treino, Edilson Uecker, ficou na 3ª colocação geral, terminando em 2:46’57”.

 

Daniel Alexandre Voigt, campeão geral nos 90K  |  Foto: Emanuel Galafassi


 

Já no 90K, Daniel Alexandre Voigt ficou com o título da competição, com o tempo de 10:06’56”. “Quero, primeiramente, agradecer a melhor equipe que mostrou a sua capacidade de buscar seus resultados pessoais. Estivemos em 13 atletas, que representaram a Voigt Runners, com empenho e determinação, sendo que 10 deles subiram ao pódio. Parabéns a todos pela dedicação. E o que falar dos 90 km, um espetáculo de percurso e desafios naturais, um lugar que nunca imaginei que poderia existir, tão perto da gente. Foram muitos treinos e horas de dedicação, para buscar o melhor resultado: ser o campeão geral e o recordista. Agora, o foco está voltado já para a edição de 2022 da ‘Odisseia’ e outras provas internacionais trail”, destaca o professor e atleta.

A Odisseia Ultra Trail Run é considerada a maior experiência de Trail Running do Brasil. Em 2020, por conta da pandemia da Covid-19, a prova não foi realizada.

 

Atletas Voigt Runners  |  Foto: Divulgação


 

Resultados dos demais atletas Voigt Runners:

Daiane Alves da Silva - 3° lugar categoria 25 a 34 anos (4:07’53”)

Joyce Fabiana Neilzel Uecker - 3° lugar categoria 35 a 44 anos (4:17’39”)

Adriana Cristina Machado Tambani - 3° lugar categoria 45 a 54 anos (4:55’10”)

Isabel Dias de Almeida Parno - 4° lugar categoria 45 a 54 anos (5:13’16”)

Wescley Eckcel- 12° lugar categoria 35 a 44 anos (5:41’09”)

Paulo Celson Silvestre da Silva - 9° lugar categoria 45 a 54 anos (5:41’11”)

Romildo Parno - 1° lugar categoria 55 anos acima (4:04’44”)

 



Tags: