Sexta-Feira, 25 de Junho de 2021

facebook_icon

Hoje: Máx 30Cº / Min 19°C

Siga a gente -

Jornal de Pomerode

Edição Impressa

icon_user

Polícia Civil autua em flagrante autor das mortes em Saudades

Nesta quarta-feira e pelos próximos dias, a Polícia Civil de SC seguirá realizando os trabalhos no inquérito policial instaurado para apurar a motivação dos crimes

e7c13fa77679d6671530e32c1f27c5f7.jpg Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros

A Polícia Civil de Santa Catarina autuou em flagrante o homem de 18 anos preso pelo assassinato de cinco pessoas, sendo três crianças e duas mulheres, em uma creche na cidade de Saudades, no Oeste catarinense, nesta terça-feira, 04.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/96318eb7b3abf70d3b6fcdcbe9dc7740.jpg https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/3724d210f4598560aad9a3c2f442a8e3.jpg

 

De acordo com o delegado de polícia Jerônimo Marçal, responsável pelo caso lavrado na Delegacia de Polícia do município vizinho de Pinhalzinho, o preso foi autuado em flagrante por cinco homicídios triplamente qualificados. Além de uma tentativa de homicídio de uma criança, que logo após o crime foi transferida para hospital em Chapecó pela equipe do Helicóptero SAERFron da Polícia Civil.

As qualificadoras dos crimes foram motivo torpe, utilização de recurso que impossibilitou a defesa das vítimas e a utilização de meio cruel. Com o procedimento lavrado pela Polícia Civil, o homem já se encontra sob a tutela do Departamento de Administração Prisional (Deap/SC) e até a manhã desta quarta-feira, 05, seguia hospitalizado em Chapecó.

Depoimentos

Nesta quarta-feira e pelos próximos dias, a Polícia Civil de SC seguirá realizando os trabalhos no inquérito policial instaurado para apurar a motivação dos crimes. Estão sendo tomados depoimentos de testemunhas.

O delegado Jerônimo Marçal pretende realizar o interrogatório do autor nos próximos dias e aguarda também autorização judicial para acessar equipamentos eletrônicos apreendidos com o preso. A Polícia Civil espera ainda os laudos periciais em trabalho que está sendo feito pelo Instituto Geral de Perícias (IGP/SC).