Domingo, 25 de Julho de 2021

facebook_icon

Hoje: Máx 30Cº / Min 19°C

Siga a gente -

Jornal de Pomerode

Edição Impressa

icon_user

Pessoas que se cadastrarem até 23 de junho, receberão o auxílio emergencial de SC em julho

O Programa SC Mais Renda inclui três parcelas de R$ 300

fe8203696447b0d1bed0489f165c993f.jpg Foto: Reprodução

O programa “SC Mais Renda”, que institui um benefício semelhante ao Auxílio Emergencial em Santa Catarina, deve pagar a primeira parcela do benefício no próximo mês, para as mais de sete mil famílias que já se cadastraram no site do governo (www.sc.gov.br/scmaisrenda), e as famílias que estão no Cadastro Único (CadÚnico).

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/9dc27825afbcf5543378c9fe2424773b.jpg https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/d71818c47d981bb85097e8de3648507e.jpg https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/ffd61332a4e29290e4edbdc12b3cf4f1.png

 

O benefício é destinado aos profissionais que perderam o vínculo formal de emprego durante a pandemia e pessoas em situação de vulnerabilidade social. A primeira, das três parcelas de R$ 300 previstas, será paga pelo Governo do Estado em julho, para aqueles que realizarem o cadastro até o dia 23 de junho.

 

Quem pode solicitar o auxílio?

Podem solicitar o SC Mais Renda trabalhadores que perderam o vínculo formal de emprego entre 19 de março de 2020 e 1º de maio de 2021 nos segmentos de alimentação, hospedagem, eventos, design, artes cênicas, turismo e transporte público, desde que não tenham recebido o auxílio emergencial federal e o seguro-desemprego, entre outros, e não tenham vínculo ativo de trabalho até 9 de junho de 2021. A aprovação será disponibilizada na consulta ao Portal de Serviços, onde foi realizada a inscrição, bem como informado pelo e-mail cadastrado.

Também serão contempladas as famílias que constam no CadÚnico até o dia 9 de junho de 2021 e estão em situação de pobreza ou extrema pobreza, desde que não tenham recebido o benefício do Programa Bolsa Família nem auxílio emergencial federal. Neste caso, a aprovação do benefício será automática, após o cruzamento de informações quanto aos requisitos impeditivos.

Com informações de O Município Blumenau