Sábado, 11 de Julho de 2020

facebook_icon

Hoje: Máx 30Cº / Min 19°C

Siga a gente -

Jornal de Pomerode

Edição Impressa

icon_user

Perícia conclui que veículo conduzido por empresário do Grupo Angeloni estava acima da velocidade permitida

A vistoria no veículo, uma Mercedes-Benz, avaliada em mais de R$ 1 milhão, ainda não foi concluída

166ccebb04e2affc86e438e1aa142f16.jpg Foto: Divulgação

A perícia realizada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) apontou que o carro conduzido pelo empresário Roberto Angeloni estava acima da velocidade permitida. Ele morreu após colidir contra um poste na BR-101, em Biguaçu, neste domingo, 28 de junho. A vistoria no veículo, uma Mercedes-Benz, avaliada em mais de R$ 1 milhão, ainda não foi concluída. O carro foi partido ao meio, devido ao impacto da colisão.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/844d34f46b27043d5f0efe1b05cd10ee.jpg https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/9e2bb169f004a4f2d858e03c1e0721a4.jpg https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/df6a593e901dc2117f843d0d51547b2b.jpg https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/3730a24a8ad50f80c34938eede4f4b62.jpg

 

O chefe do Núcleo de Comunicação da PRF-SC Luiz Graziano, o motorista perdeu o controle da direção quando trafegava no sentido Norte da rodovia. Segundo Graziano, o veículo passou por algumas ondulações no asfalto do trecho, derrapou e quase bateu na mureta do lado esquerdo. Então o motorista puxou a direção para o lado direito, colidiu em uma caminhonete Ford/Ranger, que vinha pela faixa da direta e saiu da rodovia, entrando no pátio do posto de combustíveis, onde bateu de frente em um poste.

Na Ranger estava um casal e a passageira sofreu lesões leves, sendo encaminhada ao hospital e liberada em seguida.

 

Grupo Angeloni emite nota de pesar pelo falecimento de empresário em acidente

O Grupo Angeloni emitiu uma nota de pesar, no fim da tarde deste domingo, 28 de junho, lamentando o acidente que vitimou um dos empresários donos da rede de supermercados, ocorrido na manhã deste dia, na BR-101, em Biguaçu.

Ele conduzia uma Mercedes, quando perdeu o controle da direção e bateu contra um poste, em frente a um posto de gasolina. Com o impacto, o veículo se partiu ao meio. O empresário não resistiu e morreu na hora.

 

Na nota, o grupo informou que Roberto Angeloni trabalhava na rede desde muito novo, e se destacou. Angeloni ocupava, atualmente, o cargo de gerente de Operações da Rede.

Confira, na íntegra:

É com imenso pesar que comunicamos o falecimento de Roberto Angeloni, filho de um dos fundadores do grupo ANGELONI, Antenor Angeloni, ocorrido hoje (28/06) em acidente na BR-101, na altura do município de Biguaçu (SC). Nascido em Criciúma (SC), tinha 51 anos e atualmente ocupava o cargo de gerente de Operações da Rede.

Roberto atuava no grupo Angeloni desde muito jovem e considerava que o trabalho é o mais importante desafio da vida e o grande valor do homem, requerendo extrema dedicação e estudo. Deixa os pais, Antenor e Nolênia, os irmãos Cristina e Henrique, sobrinhos, tios e primos.

Seu falecimento precoce deixa ainda imensa lacuna entre amigos e colegas, que guardam a imagem de um profissional sério e dedicado, que tinha como sonho levar o Angeloni a uma posição sempre mais destacada.

A família agradece antecipadamente a todas as manifestações de pesar e solidariedade.

 

Com informações de ND+ e Portal Alexandre José