Terca-Feira, 13 de Abril de 2021

facebook_icon

Hoje: Máx 30Cº / Min 19°C

Siga a gente -

Jornal de Pomerode

Edição Impressa

icon_user

Para continuar em forma

Mesmo sem perspectivas de competições, Atletismo mantém os treinamentos, visando a parte física e psicológica dos atletas.

1fef03d294429f10499f0b45a5dff6a8.JPG Foto: Bob Gonçalves / Jornal de Pomerode

Apesar de todas as restrições impostas pela pandemia, algumas modalidades esportivas vêm mantendo os seus treinamentos, sempre obedecendo aos decretos publicados pelas autoridades de saúde. Embora as competições de rendimento ainda não possam ser realizadas, os atletas continuam em um ritmo forte, aguardando a melhora da situação para, enfim, voltarem à ativa de maneira específica.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/d71818c47d981bb85097e8de3648507e.jpg https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/6830f4aab4becca3ba3287be9a73ad20.jpg https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/ffd61332a4e29290e4edbdc12b3cf4f1.png

 

Uma destas modalidades é o Atletismo, coordenada, em nosso município, pelo professor Odair Luiz dos Santos, o Chico. Ele diz que, mesmo sem grandes perspectivas a curto prazo, as tratativas para o futuro da competição vêm sendo realizadas.

Exemplo disso ocorreu no último sábado, dia 20 de março, quando a atual diretoria da Federação Catarinense de Atletismo (FCA) foi reeleita, por aclamação, para o quadriênio de 2021 a 2025. A Assembleia Geral Ordinária, ocorrida de maneira remota e que contou com a presença de clubes, atletas e treinadores, reconduziu ao cargo de presidente, Deraldo Ferreira Oppa, com Sérgio Vieira Galdino como seu vice.

 “Além disso, debatemos o calendário e, a princípio, votamos para deixar como ele está. Sabemos que a situação não é das melhores e, nesse momento, nenhuma competição está acontecendo, até pelo decreto do Governo, que proíbe as atividades. Vamos continuar acompanhando e, a partir de uma liberação do Estado, iremos estudar as melhores possibilidades”, relata Chico.

 

Treinamentos foram divididos em dois grupos, para maior segurança dos atletas  |  Foto: Bob Gonçalves / Jornal de Pomerode


 

Mesmo diante deste cenário de incertezas, a Atletismo pomerodense continua na ativa, com treinamentos. “Estamos trabalhando normalmente, com atletas acima dos 16 anos, sempre respeitando todas as normas de biossegurança. Tanto que dividi o grupo em dois períodos, para os trabalhos de academia e treinos na pista. Não podemos parar. Temos que seguir num ritmo forte, pensando em competições maiores esse ano. Caso elas aconteçam, precisamos estar preparados”, frisa.

O grande desafio, no entanto, é manter a motivação dos atletas, com a falta de competições. Nisso, a parte psicológica também tem papel importante. “Ano passado, tivemos conversas muito motivacionais com os alunos. Já no início de 2021, todos conseguiram dar uma descansada, para voltar a fazer o trabalho de base, que finalizamos na semana passada. E agora, o foco está voltado para a técnica e força. Temos conversado sobre os objetivos para este ano e isso tem os ajudado bastante, afinal, passar um pensamento mais positivo possível, neste momento, é de suma importância”, ressalta o treinador.

 



Tags: