Terca-Feira, 29 de Setembro de 2020

facebook_icon

Hoje: Máx 30Cº / Min 19°C

Siga a gente -

Jornal de Pomerode

Edição Impressa

icon_user

O ano de 2019 do Corpo de Bombeiros Voluntários de Pomerode

2019 já se foi e o Corpo de Bombeiros Voluntários de Pomerode divulgou à imprensa o balanço das ocorrências atendidas.

36ba156b908e78e6c46cddc4b7f5fa44.JPG Foto: Arquivo / Jornal de Pomerode

2019 já se foi e o Corpo de Bombeiros Voluntários de Pomerode divulgou à imprensa o balanço das ocorrências atendidas pela corporação pomerodense no ano passado.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/4816b628a0b14735c6eae31e533c28c6.gif

 

A predominância das ocorrências continua sendo dos atendimentos pré-hospitalares, entre estas ocorrências as quedas de nível e de altura são as campeãs de incidência, totalizando 133 dos 1048 atendimentos dos bombeiros, em 2019. Os acidentes de trânsito também se destacam, principalmente, envolvendo motos. 126 foram registrados, sendo quedas e colisões contra diversos veículos. As mortes sofreram uma queda em relação ao ano anterior, fato que, para o Comandante da corporação, Carlos Hein, é importante ressaltar.

“Em uma avaliação geral tivemos um 2019 com menos mortes no trânsito, o que é bom. O Corpo de Bombeiros Voluntários de Pomerode tem buscado sempre se aproximar mais da comunidade, sendo assim, em 2019, foram mais de 20 palestras e treinamentos em empresas, com as equipes dos postos de saúde, entre outros grupos”, relata o comandante.

Entre as ocorrências, a corporação notou um aumento das ocorrências de fogo em vegetação se comparado com 2018, o que também levanta uma preocupação a mais à comunidade.

“Isso acaba sendo muito ruim, pois há muitas pessoas que já sabem o grau de risco dessas situações e, mesmo assim, essas ocorrências seguem crescendo. Em sua maioria, as pessoas acabam queimando o lixo em terrenos e esse fogo acaba avançando para vegetação, fugindo do controle, gerando um desgaste desnecessário de equipamentos e materiais de nossa corporação”, explica Hein.

Em relação aos eventos, Hein falou do sucesso da Operação Feijoeiros e outras atividades promovidas pelo Corpo de Bombeiros Voluntários de Pomerode.

“Prestamos apoio em mais de 20 eventos esportivos realizados na cidade, entre eles os Jogos Abertos. A nossa feijoada foi um sucesso e ela só alcança esse resultado positivo pois a comunidade se envolve, se sente parte, e é assim que deve ser, é um serviço realizado voluntariamente por membros da comunidade para o restante dela. 2020 é um ano especial para nós, afinal é o ano em que completaremos 25 anos ininterruptos de serviços prestados para Pomerode”, enfatiza.

 

(Foto: Arquivo / Jornal de Pomerode)

Chamadas em vão

Algo que ainda é recorrente e que está difícil de mudar, são os trotes passados para a corporação. Neste ano, os bombeiros registraram 44 chamadas em vão, o que atrapalha o serviço prestado pelos voluntários. O comandante também se queixa em relação a essa prática que, na lei, é considerada como criminosa.

“Pedimos que todos usem os serviços de emergência com racionalidade, sem trotes, pois isso prejudica a todos, e em determinando momento pode ser você ou um familiar seu que está precisando dos serviços de emergência e eles estão empenhados num trote, usem com racionalidade, para quando precisar poder ser atendido com a melhor qualidade possível e com a maior brevidade, também”, ressalta Hein.

 

Quer receber as notícias de Pomerode e região pelo WhatsApp? Clique aqui.



Tags: