Quinta-Feira, 04 de Junho de 2020

facebook_icon

Hoje: Máx 30Cº / Min 19°C

Siga a gente -

Jornal de Pomerode

Edição Impressa

icon_user

Ministro da Saúde, Nelson Teich, pede demissão do governo Bolsonaro

A saída acontece menos de um mês após ele substituir Luiz Henrique Mandetta na pasta.

c4bd659d8a7e75631fb167b0df43baac.jpg Foto: Marcello Casal Jr. / Agência Brasil

O ministro da Saúde, Nelson Teich, pediu demissão hoje do governo do presidente Jair Bolsonaro. Uma coletiva de imprensa está marcada para esta tarde, para esclarecer a exoneração. A saída do ministro acontece menos de um mês após ele substituir Luiz Henrique Mandetta na pasta.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/da5766e97c60e8759e4c3acec5c7284a.jpg https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/b6557b3fc353d86e08085bfc422c0203.jpg

 

Na hora em que Teich anunciou sua demissão, Bolsonaro estava participando do lançamento de uma campanha de conscientização contra a violência doméstica feita pelo Ministério da Mulher e da Família.

Ele estava acompanhado de sua mulher, Michelle Bolsonaro, dos ministros Onyx Lorenzoni e Damares Alves e não falou no evento.

Luiz Henrique Mandetta, que estava no cargo desde o início do governo Bolsonaro, deixou o ministério da Saúde no dia 16 de abril colocando fim em uma gestão marcada pelo embate com o presidente sobre o combate à pandemia do novo coronavírus.

A defesa do ex-ministro para que o país seguisse as recomendações da OMS (Organização Mundial da Saúde) para brecar a proliferação da doença no país gerou atrito com Bolsonaro, que é a favor da tese de que a economia não pode parar e que apenas uma parcela da população deveria ficar em isolamento.

O apoio público do presidente para o uso da cloroquina também foi outro motivo de discordância entre os dois.

Fonte: Uol



Tags: