Domingo, 25 de Julho de 2021

facebook_icon

Hoje: Máx 30Cº / Min 19°C

Siga a gente -

Jornal de Pomerode

Edição Impressa

icon_user

Menina de cinco anos foi morta pelo pai, em Guaramirim

O homem confessou o crime e teria utilizado uma camiseta para efetuá-lo

46fba0602de53150de21241561369168.jpg Foto: Divulgação/Arquivo Pessoal Facebook

A menina de cinco anos que foi estrangulada em Guaramirim no sábado, 12 de junho, foi assassinada por estrangulamento pelo pai, Ubiratan Luis Modrok, que confessou o crime à Polícia Civil. Segundo a investigação, Evelyn Vitória Modrock foi assassinada com uma camiseta.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/1bff02dcfd1d4b63a29fd5aef07863fa.jpg https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/85293bc73280aec91bf17c8c1077f6ea.jpg https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/96318eb7b3abf70d3b6fcdcbe9dc7740.jpg

 

Inicialmente, o homem, de 39 anos, tentou se passar por vítima do crime à Polícia Militar. A menina já estava sem sinais vitais quando os bombeiros chegaram no local, no bairro Escolinha.

Ainda considerado suspeito, Ubiratan estava com uma faca e ferido. Ele tinha um corte no pescoço e outro no punho. A suspeita é que ele tenha tentado se matar. Ele foi levado ao hospital São José pelo Samu antes de ir para a delegacia.

Motivação do crime

Inicialmente, o pai não confessou o assassinato. Desesperado, inventou que outro homem teria invadido a casa durante a madrugada e o atacado com uma faca. Evelyn teria sido morta enquanto ele estava desacordado.

Ele chegou a ligar para uma vizinha na manhã de sábado, tentando sustentar a história. A mulher o ajudava cuidava de Evelyn. A mãe da menina, que não mora mais com eles há cinco meses, ainda não foi ouvida.

Após ser confrontado com evidências da casa e conversar com outra filha, de 20 anos, ele acabou admitindo ter cometido o crime. A motivação teria sido que a menina estava sofrendo muito após Ubiratan se separar da mulher.

Com informações O Município Blumenau