Quinta-Feira, 13 de Maio de 2021

facebook_icon

Hoje: Máx 30Cº / Min 19°C

Siga a gente -

Jornal de Pomerode

Edição Impressa

icon_user

Há 77 anos, mostrando sua força no futebol amador

Time de Testo Central comemora mais um ano de vida, com grande destaque dentro do desporto regional.

b373d8f165bdbba8e073f341bb298e22.jpg Foto: Arquivo JP

Nesta segunda-feira, o clube mais longevo de Pomerode comemora mais um ano de vida. Fundado no dia 03 de maio de 1944, o Vera Cruz Esporte Clube, agremiação de Testo Central, completa 77 anos de vida, em uma trajetória de muito sucesso, dentro do futebol municipal e regional.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/ffd61332a4e29290e4edbdc12b3cf4f1.png https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/590ba0e0c707d8dd9fc3b49b5975c7c0.jpg https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/d71818c47d981bb85097e8de3648507e.jpg

 

Dono de diversos títulos, entre eles, o Campeonato da LPD (1999, 2009, 2012 e 2018), da Taça Pomerode (1984) e da Liga Blumenauense de Futebol (1985 e 2001), tem na tradição e na sua apaixonada torcida, a força-motriz para continuar bem representando o bairro e a cidade nas diversas competições.

Em 1944, no auge da Segunda Guerra Mundial, a comunidade sentia a necessidade de ter, em seu meio, uma forma de lazer, especialmente, nos fins de semana. E foi no afã de realizar esse objetivo que, numa noite de abril daquele ano, reuniram-se, no salão de baile de Hermann Koch, o próprio, além de Ernesto Penzlien, Arno Glatz, Bruno Wachholz, Artur Rux, Leopoldo Kuehlwein e Izidoro Kienen, entre outros, para debater a criação de um clube. Após um trabalho de grupo, que consistiu na constituição do registro nas respectivas entidades desportivas e no Ofício do Registro de Títulos e Documentos de Getúlio Vieira Braga, nascia, efetivamente, o Vera Cruz Esporte Clube.

 

Inauguração do primeiro campo do Vera Cruz, situado no Ribeirão Souto  |  Foto: Divulgação


 

A sugestão do nome partiu de Vadislau Constansky, que também elaborou os seus estatutos. A justificativa da denominação é originada da primeira ilha avistada por Pedro Álvares Cabral, no ano do descobrimento do Brasil, em 1500. Além disso, grande parte dos fundadores era torcedor do Vasco da Gama, o que fica evidente nos uniformes utilizados pelo Vera Cruz, no decorrer dos anos.

O terreno da primeira sede foi cedido por Hermann Koch, no bairro Ribeirão. E a partir desse momento, até os dias atuais, o seu nome sempre esteve intimamente ligado às atividades do clube, batizando o estádio que sedia, hoje, os jogos da agremiação.

Iniciada em 1968 e concluída em 1971, a obra de transferência da sede social foi coordenada por Alfonso Behling e resultou na bela praça de esportes, às margens da SC-421, anexo ao C.C.T. Testo Central.

Em 2002, numa grande jogada de marketing, o clube contratou o ídolo corintiano Biro-Biro, para a disputa do Campeonato da LPD daquele ano. Dentro de campo, o time conquistou um turno da competição, no entanto, a projeção nacional que o Vera Cruz teve, assim como a cidade de Pomerode, foram fundamentais para a consolidação do projeto.

 

Biro-Biro, durante a sua trajetória em Pomerode  |  Foto: Jornal de Pomerode / Arte: Vera Cruz


 

Tanto que, em 2008, ocorreu a junção do Vera Cruz com as empresas blumenauenses Loes e HLS, que tiveram uma importância, tanto na competição seguinte, com a conquista do título, quanto nos anos subsequentes.

Para o vice-presidente da agremiação, Rodrigo Tripes, poder participar da história de um clube como o Vera Cruz é muito gratificante. “Um time com uma torcida tão apaixonada, faz com que nós, enquanto diretoria, tentemos sempre fazer o nosso melhor. Os domingos com jogo são sempre especiais, ver a movimentação da comunidade, no decorrer da semana, e dos torcedores nas redes sociais, só mostra o quanto o ‘Vera’ é querido. Fazer futebol amador é cada vez mais desafiador, e fazer isso com qualidade, há 77 anos, é motivo de grande satisfação. Parabéns a todos os torcedores, amigos, parceiros, atletas e aqueles que gostam e acreditam no Vera Cruz”.

 

Final da LPD de 2009, um dos maiores públicos da história da cidade  |  Foto: Arquivo JP


 



Tags: