Sexta-Feira, 14 de Agosto de 2020

facebook_icon

Hoje: Máx 30Cº / Min 19°C

Siga a gente -

Jornal de Pomerode

Edição Impressa

icon_user

Grupo Kyly utiliza tecnologia em fotos da Coleção Alto Verão 2021

Objetivo é não expor crianças nesse momento de pandemia

a65f723baaba5f436847870fd23403b3.jpg Foto: Divulgação

O Grupo Kyly optou em produzir o Catálogo da Coleção Alto verão 2021 sem a atuação das crianças em nova sessão de fotos. Para não expor os modelos infantis diante da pandemia, as imagens que aparecem no catálogo e materiais de comunicação são as mesmas produzidas para a coleção passada e foram editadas, por meio de recursos digitais, com os looks da nova coleção.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/d71818c47d981bb85097e8de3648507e.jpg

 

“A empatia, o cuidado e o amor sempre estiveram presentes em tudo o que fazemos. Olhamos com muito carinho para cada colaborador, parceiro, cliente, comunidade e, principalmente, para as crianças”, afirma Taciane Martins Eichstaedt, Diretora de Produtos. “Esse momento nos fez parar e refletir em como podemos contribuir com a proteção de todos.

Sobre o Grupo Kyly 

No mercado desde 1985, o Grupo Kyly produz confecções de alto valor agregado para os mais exigentes mercados. Hoje, a empresa conta com cerca de 2,1 mil colaboradores, sendo uma das indústrias de maior representatividade no segmento de vestuário infantil no país. Em 2019, o grupo faturou R$ 460 milhões, para este ano, a perspectiva é de crescimento na receita líquida de 8%, alem de aumentar em 20% as vendas no mercado externo. Por ano, a indústria produz cerca de 18,3 milhões de peças de suas cinco marcas: Kyly, Nanai, Milon, Amora e Lemon. Além de 70 unidades próprias e franqueadas da marca Milon, as coleções das marcas do Grupo Kyly podem ser encontradas em 9 mil lojas multimarcas e no e-commerce.