Quarta-Feira, 27 de Maio de 2020

facebook_icon

Hoje: Máx 30Cº / Min 19°C

Siga a gente -

Jornal de Pomerode

Edição Impressa

icon_user

Grupo é flagrado invadindo e promovendo aglomeração no Morro Azul, em Timbó

Ainda, no local, havia indícios de vandalismo e foi encontrada abandonada uma pequena quantidade de substância semelhante à maconha

40b238aa02af1184363cb8eb0c4fcd28.jpeg Foto: Divulgação / Polícia Militar

Após o recebimento das denúncias de vandalismo e aglomeração de pessoas no Parque Morro Azul a PMSC e a Defesa Civil de Timbó realizaram uma operação objetivando fiscalizar as condutas delitivas de infringir medida sanitária, desobediência e perturbação do trabalho.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/da5766e97c60e8759e4c3acec5c7284a.jpg https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/b6557b3fc353d86e08085bfc422c0203.jpg https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/e0003bba15ccd6128c01f16b3f1cee47.jpg

 

No local foram confirmadas as denúncias, as pessoas além de invadirem o Parque Morro Azul, danificando a entrada, as 51 pessoas flagradas estavam descumprindo os Decretos Estaduais nº 562 e 587 e perturbando o trabalho do responsável pela segurança privada do parque.

As pessoas flagradas não estavam guardavam a distância mínima entre elas, muitas estavam sem máscara e sem observância a qualquer protocolo de higiene respiratória. Ainda, no local foi encontrada abandonada uma pequena quantidade de substância semelhante à maconha e uma pessoa autuada por estar em posse também de substância semelhante à maconha. Indícios que infelizmente confirmam que o local é utilizado para o uso de entorpecentes.

 

Também foi possível constatar que vários veículos estavam estacionados de forma irregular e foram tomadas as medidas administrativas de trânsito.

Todos foram identificados, qualificados e responderão a processo criminal (termo circunstanciado) na Comarca de Timbó.

As ações policiais militares ocorrerão de for recorrente objetivando evitar o uso irregular do espaço público bem como fiscalizar a observância das medidas de enfrentamento à pandemia pela Covid-19.