Sexta-Feira, 25 de Junho de 2021

facebook_icon

Hoje: Máx 30Cº / Min 19°C

Siga a gente -

Jornal de Pomerode

Edição Impressa

icon_user

Governo prorroga suspensão de cirurgias eletivas por 72 horas

Unidades filantrópicas foram convocadas para uma reunião com o objetivo de realizar uma retomada segura dessas cirurgias

da7191e55f34ea6ef7b10794a5fed415.jpg Foto: Mauricio Vieira/ Secom

O Governo do Estado prorrogou a suspensão das cirurgias eletivas por mais 72 horas. O prazo foi definido como forma de averiguar quais unidades hospitalares mantêm condições e estoques de medicamentos para uma retomada “imediata e segura”.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/ffd61332a4e29290e4edbdc12b3cf4f1.png https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/2edbf97c4ed2488011199c38854cd348.jpg https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/d71818c47d981bb85097e8de3648507e.jpg

 

A portaria 487 publicada nesta segunda-feira, 10, no Diário Oficial do Estado prorrogou a suspensão até o próximo dia 13 de maio. E já na quarta-feira, uma reunião está agendada entre o secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, e os representantes das associações filantrópicas catarinenses para definir a retomada dos procedimentos.

“É o entendimento do Governo do Estado que as cirurgias eletivas são prioridade máxima e por isso precisam ser retomadas”, afirma André Motta. “Nessa reunião da quarta-feira avaliamos as unidades que possuam condições e medicamentos para a liberação imediata. Em relação aos demais, a SES irá buscar uma forma de manter os estoques de anestésicos e sedativos”.

O cancelamento das cirurgias eletivas em que era necessário o uso de sedativos e internações em UTI ocorreu por meio da Portaria 168, em 22 de fevereiro. A última prorrogação ocorreu com a publicação da portaria 458, no dia 30 de abril, estendendo o prazo para até esta segunda-feira, 10 de maio.