Segunda-Feira, 18 de Janeiro de 2021

facebook_icon

Hoje: Máx 30Cº / Min 19°C

Siga a gente -

Jornal de Pomerode

Edição Impressa

icon_user

Governo de SC define regramento único para transporte coletivo rodoviário

No caso das regiões em nível gravíssimo, fica permitida a ocupação de 70% da capacidade dos assentos.

a201fd582913f78c689c178b6b3f6458.jpg Foto: Arquivo JP

Na noite desta segunda-feira, 11 de janeiro, o Governo do Estado publicou uma portaria com um novo percentual de ocupação para o transporte rodoviário intermunicipal, interestadual e de fretamento. No caso das regiões em nível gravíssimo, segundo o Mapa de Risco Potencial, fica permitida a ocupação de 70% da capacidade dos assentos, considerando apenas os passageiros sentados. Anteriormente, esse percentual era de 50%. Nas demais regiões (nível de risco grave, alto e moderado), está permitida a ocupação de até 100% da capacidade.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/b5f49e2fbb942fe9f8d9d8ca493f7476.jpg https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/e01c1bb6c32892d38ae82ef7d4134f0e.jpg https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/19d08e27e7a3437d79a0d7ad841bc1e4.jpg

 

No caso do transporte intermunicipal urbano, o índice de ocupação fica em 70% da capacidade dos ônibus. Essa limitação vale apenas para as regiões em nível de risco gravíssimo (cor vermelha no mapa). Nas demais regiões (nível de risco grave, alto e moderado), está permitida a ocupação de até 100% da capacidade. As mesmas regras seguem valendo para o transporte urbano municipal.

Além de uma série de medidas sanitárias, a portaria também impede o consumo de alimentos e bebidas dentro dos ônibus. Assinam a portaria os secretários de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, e da Infraestrutura e Mobilidade, Thiago Vieira.

Fonte: Governo de SC

 

 

Confira regras:

- passageiros e motoristas devem usar máscara durante todo o percurso;

- temperatura dos passageiros deve ser medida antes de entrarem no ônibus. Os que registrarem mais do que 37,8°C, não podem embarcar;

- temperatura dos funcionários deve ser medida antes de cada turno. Os que registrarem mais do que 37,8°C, não podem trabalhar;

- demarcar distância mínima de 1,5 metro nos terminais de embarque e desembarque ou locais destinados para fila;

- manter as salas VIP fechadas;

- seguir as orientações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) na limpeza e desinfecção dos veículos;

- Realizar a limpeza e desinfecção completa dos veículos ao término de cada viagem;

- disponibilizar álcool 70% ou preparações antissépticas similares para higienização das mãos no interior do veículo e nos guichês de atendimento ao público;

- todas as pessoas precisam higienizar as mãos ao entrar no veículo;

- higienizar os guichês de atendimento após cada cliente ser atendido;

- repassar orientações e informações no início de cada viagem, acerca das medidas básicas sobre higienização;

- afixar no espaldar de cada poltrona um encarte com as orientações aos passageiros;

- cabe aos órgãos de fiscalização municipal, estadual e federal promoverem ações e operações que garantam o cumprimento das medidas sanitárias.



Tags: