Terca-Feira, 19 de Outubro de 2021

facebook_icon

Hoje: Máx 30Cº / Min 19°C

Siga a gente -

Jornal de Pomerode

Edição Impressa

icon_user

Golpistas aplicam novo golpe usando nome do Tribunal de Justiça catarinense

O Poder Judiciário de Santa Catarina reforça que não faz contato telefônico ou via aplicativo de conversas para contratação de serviços.

1ce9f947db7d23c1cea4fe154d385282.jpg Foto: Marcelo Casal Jr. / Agência Brasil

Mais um golpe envolvendo o nome do Tribunal de Justiça de Santa Catarina está sendo registrado no Oeste. Os estelionatários se dizem servidores do TJSC e entram em contato via WhatsApp ou ligação telefônica a fim de contratar serviço de motorista. O argumento é que o profissional do fórum está afastado com Covid-19. A história segue dizendo que um depósito já foi efetuado em valor superior ao combinado e, por isso, precisam do estorno via Pix.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/d71818c47d981bb85097e8de3648507e.jpg https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/ffd61332a4e29290e4edbdc12b3cf4f1.png

 

Também há relatos de empresários que foram procurados para transporte de documentos do fórum e que R$ 1.000 teriam sido depositados antecipadamente de maneira equivocada. Nesta ocasião o golpista usava o nome de “Luiz Antonio” e pedia pela devolução do valor.

Ocorrências foram registradas em Seara, Xanxerê e Chapecó entre esta quarta (8/9) e quinta-feira (9/9). O Núcleo de Inteligência e Segurança Institucional do TJSC orienta a quem receber contato parecido que registre boletim de ocorrência na delegacia de polícia mais próxima para apuração dos fatos e identificação dos suspeitos.

O Poder Judiciário de Santa Catarina reforça que não faz contato telefônico ou via aplicativo de conversas para contratação de serviços. Como órgão público, as compras e contratos necessitam ser efetuados por licitação.​