Quinta-Feira, 02 de Abril de 2020

facebook_icon

Hoje: Máx 30Cº / Min 19°C

Siga a gente -

Jornal de Pomerode

Edição Impressa

icon_user

“Eu entendo que não estamos aqui só de passagem ou então seria muito pouco, sem razão e sem sentido nenhum”

Presidente do Rotary Club Pomerode - Nossa Pequena Alemanha, Rosania Casagranda sempre buscou se envolver em causas que trouxessem algum benefício para a sociedade

d63d0e6d813ea79b588aba3bc454fe84.jpg Foto: Arquivo pessoal

Presidente do Rotary Club Pomerode - Nossa Pequena Alemanha, Rosania Casagranda sempre buscou se envolver em causas que trouxessem algum benefício para a sociedade. E no fim de semana em que é celebrado o Dia do Rotariano, ela falou sobre o que significa fazer parte da instituição.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/da5766e97c60e8759e4c3acec5c7284a.jpg

 

 

Quando se interessou em fazer parte do Rotary e por que?

Me interessei pelo Rotary porque desde minha adolescência tenho um cunhado rotariano. Então eu já conhecia a filosofia e o trabalho. Quando soube que em Pomerode estava se formando um Club, eu não tive dúvidas e já entrei em contato com o grupo para conhecer e coloquei meu nome à disposição.  

 

Você sempre teve essa vontade de ajudar ao próximo?

Todo mundo em alguns momentos se pergunta: qual é a minha missão nesta vida? Eu entendo que não estamos aqui só de passagem ou então seria muito pouco, sem razão e sem sentido nenhum! Então, bora aproveitar cada minuto! Esta sempre foi minha preocupação. Não tenho medo de morrer, tenho medo de não viver! Piangers disse: “doenças e acidentes não são uma tragédia, pois sempre existiram e acontecem todos os dias. Tragédia é não aproveitar seu tempo com a família, com os amigos, é passar sua vida em branco. Tragédia é valorizar o que tem só depois de perder”.

 

Quais os ideais rotarianos com os quais você se identifica?

A vontade de ajudar, da empatia, de querer resolver problemas sociais vem de um sentimento de gratidão. Esta é a filosofia de um rotariano e eu sempre me identifiquei muito. O que eu mais busquei dentro do Rotary é a rede de relacionamentos de pessoas de bem, de elevado padrão ético, que melhoram a vida das comunidades através de projetos desenvolvidos dentro do clube. O Rotary é formado por 1.200 mil rotarianos ao redor do mundo. Então as fronteiras somem e você passa a fazer parte desta grande família. Os intercâmbios são o exemplo típico disso.

 

Qual a importância da instituição para a sociedade?

A sociedade ganha pela conduta exemplar de cada um na sua vida pública e privada. 

 

Quais as expectativas para este ano, agora como Rotary Club oficializado?

Agora que nosso clube foi oficialmente reconhecido pelo Rotary Internacional, podemos desenvolver nossos projetos via clube. Estamos em busca de algum que promova melhorias importantes na nossa comunidade, que seja sustentável e duradouro. Nos reunimos com alguns representantes de uma entidade e estamos avaliando prioridades. Logo estaremos estruturando o projeto e buscando parcerias para a realização. A receita arrecadada com nossos eventos é a participação/contribuição do clube para buscar subsídio dentro da Fundação Rotária que é nosso braço financeiro.

 

Um livro

Jesus, o maior psicólogo que já existiu. Mark W. Baker


Uma frase

Não posso ser menor que meus sonhos!


Um hobby

Pedalar

 

Uma personalidade

Bill Gates

 

Um time

Grêmio

 

Um sonho

Tocar violino

 

Ser rotariano é: 

Acreditar

 

Quer ser o primeiro a receber as notícias de Pomerode e região pelo WhatsApp? Clique aqui.