Quinta-Feira, 04 de Junho de 2020

facebook_icon

Hoje: Máx 30Cº / Min 19°C

Siga a gente -

Jornal de Pomerode

Edição Impressa

icon_user

Drechslerschule promove aulas on-line de tornearia

Iniciativa visa difundir a prática, mesmo em tempos de pandemia

b835cc7c221a4473d521458635cb9e56.jpg Foto: Reprodução / Prefeitura de Pomerode

Devido à pandemia do novo coronavírus e às medidas para promover o isolamento social, diversas atividades foram suspensas, principalmente, as de educação, esporte e cultura. Uma das instituições que teve as atividades suspensas foi a Drechslerschule, a Escola de Tornearia de Pomerode, que preserva a tradição da técnica de entalhe em madeira.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/da5766e97c60e8759e4c3acec5c7284a.jpg https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/b6557b3fc353d86e08085bfc422c0203.jpg

 

E para que não houvesse tantos prejuízos para os alunos da Drechslerschule, surgiu uma ideia para continuar com as aulas. “Mais rápido do que imaginávamos, após uma reunião on-line dos membros da Secretaria de Turismo e Cultura de Pomerode, conforme as apresentações de shows de cantores famosos por meio de lives foram crescendo, sugeri fazermos, on-line, ‘A Hora do Torno’, juntamente com a professora Sandra”, conta o diretor de cultura, André Siewert. 

Então, a partir do dia 30 de abril, começou a ser realizada a live “A Hora do Torno”, com a execução das aulas feita pela professora da Escola, Sandra Prochnow Greuel. De acordo com Siewert, o feedback com a iniciativa está sendo muito positivo. “O projeto das lives ‘A Hora do Torno’ surgiu depois da execução da primeira live feita na Biblioteca Municipal de Pomerode, com a ‘Hora do Conto’, que trouxe um resultado bom de pessoas on-line. Assim, comentei com a professora Sandra de fazer a live do torno. Após a terceira live, que já contou com mais de 11 mil visualizações, a transmissão da #horadotorno ocorre às quintas-feiras, às 14h, pela página do Centro Cultural de Pomerode, no Facebook”, conta.

 

Segundo o diretor de Cultura, a experiência vem crescendo a cada nova live, com muitas pessoas do Brasil e do exterior acompanhando, em tempo real, a live e deixando seus comentários. Já houve audiência de pessoas da Alemanha e Espanha, além de ter, a cada live, número crescente de pessoas acompanhando as aulas. A ideia é sempre apresentar peças de um nível fácil a médio, para que as pessoas possam desenvolver. O primeiro item foi uma colher de mel, depois uma dama excêntrica e o terceiro objeto foi um porta joias.  

“O mais legal é ver pessoas tentando fazer as peças demonstradas em casa. Que é o nosso objetivo, instigar as pessoas a praticarem o que foi ensinado. Uma vez que a única escola de tornearia em madeira do Brasil fica em Pomerode, e com a lives da hora do torno, já temos várias pessoas querendo vir a Pomerode, quando a pandemia passar para fazer o curso intensivo de tornearia em madeira. Acreditamos que esse é o grande objetivo de repassar essa técnica para várias pessoas e não deixar que a mesma fique esquecida, e também, mostrar a quem não conhece essa técnica que Pomerode ensina com muito orgulho”, ressalta Siewert. 

A professora da Escola, Sandra Greuel, também enaltece o valor da participação de várias pessoas nas lives, como forma de difusão desta cultura, única no Brasil. “Percebi que o público que assiste está interagindo de forma ativa, e dando um retorno bastante positivo, não só durante, mas também, depois das lives, ao longo da semana. São artesãos de vários estados e isso é bastante gratificante. Mesmo porque a tornearia é bastante ampla, sempre temos o que ensinar e aprender. A cada edição, surgem novas ideias para comentar na próxima live, a dúvida de um pode ser a dúvida de muitos e, assim, acontece a troca”, destaca.