Sexta-Feira, 03 de Abril de 2020

facebook_icon

Hoje: Máx 30Cº / Min 19°C

Siga a gente -

Jornal de Pomerode

Edição Impressa

icon_user

Colorindo os céus de Pomerode

Apesar dos excelentes dias de sol, a prova exigiu muita técnica e perícia dos competidores.

f63f4c8334d6fc492e476bffe4813b2f.JPG Foto: Bob Gonçalves / Jornal de Pomerode

Pomerode recebeu, durante o fim de semana, mais de 70 pilotos, vindos de Santa Catarina e do Paraná, para a disputa da 2ª etapa do Campeonato Catarinense de Parapente. Apesar dos excelentes dias de sol, a prova exigiu muita técnica e perícia dos competidores, devido as térmicas não estarem tão abundantes. Mesmo assim, a competição foi considerada, pelos organizadores, um verdadeiro sucesso.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/da5766e97c60e8759e4c3acec5c7284a.jpg

 

A rampa de decolagem, localizada no Morro Azul, desde a manhã até o fim da tarde, esteve lotada de turistas, que se encantaram com a beleza das decolagens e os voos dos pilotos. Alguns deles, que não estavam inscritos no campeonato, puderam também voar e fazer do céu de Pomerode um palco para vários espetáculos de voos duplos e de acrobacias. “A condição demorou um pouco para ficar favorável, no sábado, tanto que a prova foi iniciada apenas às 14h. Às 17h, todos os pilotos já estavam pousados e resgatados. Infelizmente, neste dia, nenhum deles conseguiu fazer o goal. Mesmo assim, a maioria se reuniu na sede do Clube Pomerano de Parapente (CPP), onde todos puderam se confraternizar, numa integração muito bacana, regada a boa comida e chope, acompanhados de uma excelente música, ao som de Gabriel Frigotto. “Tudo isso ajudou a alegrar, ainda mais, o evento e a confraternização entre todos que estavam por lá”, destaca Emerson Costa, o popular Pirulito, membro do CPP.

 

Músico Gabriel Frigotto animou os presentes, na sede do CPP (Foto: Bob Gonçalves / Jornal de Pomerode)

Já no domingo, a rampa esteve novamente lotada, para a prova que, mais uma vez, foi definida para iniciar às 14h. “Foi uma competição bastante acirrada, pois o voo estava extremamente técnico e sem muitas térmicas. Mesmo nestas condições, diferentemente do que aconteceu no sábado, cinco pilotos conseguiram completar a prova e fazer o goal”, diz Costa.

Na categoria Open, Estevão Berri fez 1.227 pontos e ficou em primeiro lugar, tornando-se, também, o campeão geral da prova pomerodense. Já na Serial, o vencedor da etapa foi Kauan Felipe Lichtonw, somando 1.198 pontos. Na Sport, Anderson Xavier de Almeida terminou com 855 pontos, e na Start, Francis Eduardo Dambiski totalizou 469 pontos. “A diretoria do Clube Pomerano de Parapente agradece, em especial, ao público participante do evento e, principalmente, à Prefeitura Municipal, que nos apoiou desde o início da organização do evento. Sem sombra de dúvida, foi um espetáculo”, finaliza.

 

Maycon de Souza dos Santos recebeu a premiação da etapa realizada em Jaraguá do Sul (Foto: Divulgação)

Quer receber as notícias de Pomerode e região pelo WhatsApp? Clique aqui.



Tags: