Sexta-Feira, 25 de Junho de 2021

facebook_icon

Hoje: Máx 30Cº / Min 19°C

Siga a gente -

Jornal de Pomerode

Edição Impressa

icon_user

Cerca de 63% das declarações do IRPF 2021 já foram entregues por pomerodenses

A estimativa, segundo a Receita Federal, é de receber cerca de 8.500 declarações até 31 de maio

abcfd3655b3ecdbcd3301c39d4d3396e.jpg Foto: Marcello Casal Jr/ Agência Brasil

No dia 31 de maio, encerra-se o prazo para a entrega da declaração do Imposto de Renda 2021.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/d71818c47d981bb85097e8de3648507e.jpg https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/ffd61332a4e29290e4edbdc12b3cf4f1.png

 

Em Pomerode, 5.385 declarações já foram enviadas à Receita Federal, representando um número de cerca de 63%, em relação à expectativa de recebimentos totais de declarações por parte dos pomerodenses, que estima 8.511 envios até o fim do prazo.

Em Santa Catarina, a Receita Federal estima que, até o dia 31 deste mês, cerca de 1 milhão e meio de declarações serão enviadas através do programa IRPF 2021, que pode ser baixado no site da RF.

Entrega do Imposto de Renda em atraso gera multa 

Não entregar a declaração do IR no prazo ou simplesmente não entregar gera uma multa de no mínimo R$165,74 podendo chegar a até 20% do imposto devido.

Devem declarar o Imposto de Renda 2021?

Pessoas que receberam rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 no ano passado. O valor permaneceu o mesmo da declaração do IR do ano anterior.
Os contribuintes que receberam rendimentos isentos, não-tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, em que o total tenha ultrapassado R$ 40 mil no ano passado;

- Quem obteve, em qualquer mês de 2020, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou efetuou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas;

- Quem teve, no ano passado, receita bruta em valor maior a R$ 142.798,50 em atividade rural;

- Quem tinha, até 31 de dezembro de 2020, a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300 mil;

- Quem passou para a condição de residente no Brasil em qualquer mês e estava nessa condição até 31 de dezembro de 2020;

- Quem optou pela isenção do imposto incidente em valor obtido na venda de imóveis residenciais cujo produto da venda seja aplicado na aquisição de imóveis residenciais localizados no país, no prazo de 180 dias, contado da celebração do contrato de venda;

- Pessoas que receberam Auxílio Emergencial em 2020 e, além das parcelas, tiverem recebido R$ 22.847,76 ou mais em outros rendimentos tributáveis.