Domingo, 31 de Maio de 2020

facebook_icon

Hoje: Máx 30Cº / Min 19°C

Siga a gente -

Jornal de Pomerode

Edição Impressa

icon_user

Caso de malária é confirmado em Joinville

A Diretoria está mapeando os locais onde a mulher esteve após o retorno da África, para verificar se há risco de contágio

3c19613d7660921dfe0762d768f205f4.jpg Foto: Divulgação

Foi confirmado pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina um caso de malária em Joinville. A informação foi divulgada nesta quarta-feira, 28 de agosto. De acordo com a Dive/SC, a paciente é moradora de Joinville, que havia viajado para a África, de onde retornou com os sintomas.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/da5766e97c60e8759e4c3acec5c7284a.jpg https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/b6557b3fc353d86e08085bfc422c0203.jpg

 

A Diretoria está mapeando os locais onde a mulher esteve após o retorno, para verificar se há risco de contágio. O departamento de Vigilância Ambiental de Joinville também esteve na região onde a família reside.

Um outro caso confirmado de malária já havia sido registrado em Rio do Oeste, no Vale do Itajaí, neste ano. A investigação é para ver se o contágio foi dentro ou fora da cidade.

Malária é uma doença que tem cura, mas precisa ser tratada o quanto antes, pois pode evoluir para sintomas mais graves. Ela é transmitida pelo mosquito-prego. Os sintomas mais comuns da doença são calafrios, febre alta, dores de cabeça e musculares, taquicardia, aumento do baço e, por vezes, delírios.

 

Quer receber as notícias de Pomerode e região pelo WhatsApp? Clique aqui.