Sábado, 11 de Julho de 2020

facebook_icon

Hoje: Máx 30Cº / Min 19°C

Siga a gente -

Jornal de Pomerode

Edição Impressa

icon_user

Caged aponta mais de 745 demissões em Pomerode, no mês de maio

Dados nacionais, estaduais e municipais foram divulgados nesta semana

Nesta segunda-feira, dia 29 de junho, o Ministério da Economia, através do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgou números envolvendo as demissões e admissões registradas no mês de maio, por todo Brasil.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/da5766e97c60e8759e4c3acec5c7284a.jpg https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/b6557b3fc353d86e08085bfc422c0203.jpg

 

O Jornal de Pomerode consultou novamente a base de dados divulgada pelo Ministério e observou que Pomerode teve 747 desligamentos e 190 admissões, representando um saldo negativo de 557. Até o momento, neste ano, segundo a base de dados do Caged, o município registrou 2.245 admissões e ultrapassou as três mil demissões, números contabilizados desde janeiro de 2020 até este mês de maio.

Em Santa Catarina

Dados do Caged mostram que Santa Catarina registrou um saldo negativo de 22.705 postos de trabalho em maio. Foram 46.223 admissões contra 68.928 demissões.O saldo é calculado conforme a diferença de contratações e demissões e, um dos reflexos do período é a crise gerada pela pandemia do coronavírus.

No acumulado do ano, o estado soma -54.988 postos de trabalho, se consolidando como o 7º pior resultado, atrás apenas da Bahia (-56.218), Pernambuco (-63.558), Rio Grande do Sul (-86.560), Minas Gerais (-111.555), Rio de Janeiro (-164.226) e São Paulo (-339.554).

Já em âmbito nacional, considerando todos os estados da federação, foram encerrados 1.144.875 de empregos de janeiro a maio.