Segunda-Feira, 18 de Janeiro de 2021

facebook_icon

Hoje: Máx 30Cº / Min 19°C

Siga a gente -

Jornal de Pomerode

Edição Impressa

icon_user

Apaf realiza avaliação física para seus associados

Árbitros trabalharam situações envolvendo agilidade, velocidade e resistência.

6a1fe289bfffb9da8279a353b78801df.jpg Foto: Divulgação / Redes Sociais

No último domingo, 22 de novembro, membros da Associação Pomerodense de Árbitros de Futebol (Apaf) participaram de um treinamento físico, nas dependências da Associação Esportiva Floresta, no centro da cidade. Os trabalhos foram comandados pelo professor de Educação Física, Taylor Rita, e tiveram a presença de 14 associados.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/084e77132dfa93c29b44631e150d4333.jpg https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/ffd61332a4e29290e4edbdc12b3cf4f1.png https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/d71818c47d981bb85097e8de3648507e.jpg https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/ba290eb7789e090794d0e2a06f4f550a.jpg

 

Na oportunidade, foram realizadas situações envolvendo agilidade, velocidade e resistência. E no fim das atividades físicas, houve um treinamento prático, voltado aos assistentes e árbitros, como sinalização e posicionamento. “Foi uma ideia de toda a diretoria, que sempre, em conjunto, programa algo para a associação. Tanto que, com esse treino, cada árbitro pôde avaliar seu próprio condicionamento”, relata o presidente, Klaus Utpadel.

Ele ressalta, também, que a partir do mês de janeiro, este tipo de atividade será realizada a cada 15 dias. “Aí sim, poderemos ter uma melhor avaliação sobre a capacidade física de cada árbitro, assim como, a parte teórica e técnica de cada um. E isso, com certeza, vai influenciar nas suas escalas”.

Utpadel também destaca a importância deste tipo de avaliação, para que os árbitros possam estar cada vez mais preparados. “Hoje em dia, o futebol se tornou muito veloz. E um árbitro que não está preparado fisicamente, mesmo estando no pilar técnico muito bom, dificilmente vai manter o pilar mental até o fim de um jogo. Estando um árbitro no seu melhor pilar físico, consequentemente, a parte mental também vai se sobressair”, conclui.

 

Foto: Divulgação / Redes Sociais


 



Tags: