Economia

Governo Federal antecipa o “13º do INSS” a 33,7 milhões de segurados

Investimento total nas duas parcelas é de R$ 67 bilhões e movimentará economia nas 27 Unidades da Federação. Repasses serão em abril e maio

13 de março de 2024

Foto: Divulgação/Agência Gov

O Governo Federal vai antecipar, pelo segundo ano seguido, o abono anual aos segurados e dependentes da Previdência Social, informalmente conhecido como o décimo terceiro do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). O Decreto nº 11.947/2024, que oficializa a antecipação, foi assinado pelo presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, e publicado nesta quarta-feira (13/3), no Diário Oficial da União .

Em todo o país, 33,7 milhões de beneficiários receberão o repasse em duas parcelas, em abril e maio, de acordo com o calendário habitual de pagamentos do INSS. O investimento total do Governo Federal é de R$ 67 bilhões, em duas parcelas de R$ 33,8 bilhões.

Normalmente, o abono é pago no segundo semestre de cada ano, em agosto e novembro. A exemplo do que ocorreu em 2023, a antecipação representa uma injeção significativa de recursos nos mercados locais, já que alcança municípios de todas as 27 Unidades da Federação.

Recebem o abono os segurados e dependentes da Previdência Social que durante o ano de 2024 tenham recebido aposentadoria, auxílio por incapacidade temporária, auxílio-acidente, pensão por morte ou auxílio-reclusão.

De acordo com o decreto, a primeira parcela do abono, correspondente a 50% do valor do benefício, será paga em abril. A segunda virá com os benefícios de maio.

Por: Planalto

Fonte: Agência Gov

Notícias relacionadas