Educação

Governo do Estado cria Programa Estadual das Escolas Cívico-Militares

O projeto é a manutenção das nove escolas estaduais que já operam neste modelo e a ampliação para outras unidades escolares.

24 de dezembro de 2023

Foto: Ricardo Wolffenbüttel / Secom

O governador Jorginho Mello assinou nesta sexta-feira, 22, o decreto que institui o Programa Estadual das Escolas Cívico-Militares de Santa Catarina.

O projeto é a manutenção das nove escolas estaduais que já operam neste modelo e a ampliação para outras unidades escolares.

“Tenho muito prazer em instituir esse programa. Vamos manter o que temos e ampliar em mais um escola por enquanto. O modelo cívico-militar contribui para o aprendizado dos alunos, para os valores da sociedade, os valores da família, os valores da pátria. Elas são importantes para consolidar a Educação em Santa Catarina”, afirmou o governador Jorginho Mello.

A escola estadual onde o programa será implementado em 2024 é a EEB São José, em Herval d’Oeste. A unidade atende aproximadamente 480 alunos, das turmas do 6º ano do Ensino Fundamental até a 3ª série do Ensino Médio, e conta com 22 salas de aula, quatro laboratórios, auditório e ginásio de esportes.

As escolas estaduais cívico-militares de Santa Catarina acomodam mais de 5 mil alunos, divididos entre os municípios de Florianópolis, Lages, Tubarão, Criciúma, Palhoça, Biguaçu, Blumenau, São Miguel do Oeste e Chapecó. O projeto para 2024 é implementar em mais uma.

De acordo com o secretário de Estado da Educação, Aristides Cimadon, este é um modelo que recupera valores. “Isso tem beneficiado muito os estudantes na melhoria da qualidade da aprendizagem, tem ajudado os professores, tem ajudado a organização da escola em geral e tem aproximado muito a família nessas escolas. Nós vimos, historicamente, que as escolas cívico-militares têm os melhores índices nos exames, nas avaliações”, explica.

Fonte: Agência Catarinense de Notícias

Notícias relacionadas