País

Forças Armadas disponibilizam Hospital de Campanha para socorrer vítimas de enchentes no RS

O módulo conta com enfermaria, 40 leitos, 2 consultórios para atendimento e 1 para triagem.

2 de maio de 2024

Foto: Divulgação Forças Armadas

Para auxiliar no socorro às vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul, as Forças Armadas mobilizaram um hospital de campanha (HCamp). A unidade hospitalar segue do Rio de Janeiro para Canoas (RS) e, posteriormente, para Lajeado (RS), um dos municípios mais atingidos, que se encontra sem energia e com hospitais fechados.

O módulo conta com enfermaria, 40 leitos, 2 consultórios para atendimento e 1 para triagem. Além do HCamp, as Forças Armadas empregam cerca de 600 militares no apoio às vítimas das enchentes em 19 municípios do estado. Já foram resgatadas cerca de 100 pessoas e realizadas 10 evacuações aeromédicas.

O módulo de campanha do Exército, para atendimentos de saúde, será transportado com apoio de um avião KC-390, da Força Aérea Brasileira. Para a instalação, uma equipe de Batalhão de Engenharia do Exército Brasileiro foi deslocada para Lajeado. A cidade segue isolada e com dificuldade de acesso devido aos danos causados pelas chuvas. Quando instalado, o local contará com médicos, enfermeiros e assistentes de saúde.

O trabalho das Forças Armadas, por meio da operação Taquari II, iniciou na terça-feira, dia 30 de abril, e conta com 12 embarcações, 5 helicópteros, 45 viaturas e equipamentos de engenharia. As ações ocorrem em apoio à Defesa Civil e ao Corpo de Bombeiros.

As atividades desempenhadas incluem resgate de cerca de 100 pessoas ilhadas, incluindo duas gestantes e uma criança de dois anos, além de dez evacuações aeromédicas. Também incluem distribuição de água, alimentos e donativos, e auxílio na recuperação da infraestrutura danificada. Os militares atuam, ainda, na montagem de barracas para triagem de desabrigados e fornecimento de colchões.

O trabalho dos militares abrange os municípios de Alegrete, Bento Gonçalves, Candelária, Eldorado do Sul, Encantado, General Câmara, Jaguarão, Lajeado, Montenegro, Muçum, Nova Palma, Nova Santa Rita, Porto Alegre, Rosário do Sul, Santa Cruz do Sul, Santa Tereza, São Gabriel, São Sebastião do Caí e Sinimbu.

Notícias relacionadas