Esporte

Entre os melhores do País

Atletas pomerodenses participam do Troféu Brasil e terminam no Top 10, em todas as modalidades

1 de julho de 2022

Foto: Divulgação

Pomerode teve um bom desempenho no XLI Troféu Brasil Interclubes de Atletismo, disputado entre os dias 22 e 25 de junho, no Estádio Olímpico Nilton Santos, Rio de Janeiro (RJ).

continua após a publicidade

A competição entre clubes, considerada a principal da América Latina, mostrou a sua força e tradição, com a inscrição de 755 atletas, de 123 clubes, representando 22 estados e o Distrito Federal.

Por conta disso, a participação dos atletas pomerodenses pode ser considerada de destaque, uma vez que todos terminaram entre os 10 melhores do país, em suas respectivas modalidades.

continua após a publicidade

Por exemplo, no Arremesso do Peso, duas pomerodenses figuraram nas primeiras posições. Taniele Rodrigues ficou com a sexta posição, fazendo a marca de 14,32m – a melhor da sua vida -, ficando a apenas 18cm do índice para o Campeonato Mundial. Na mesma modalidade, Duda Barth terminou em sétimo, com 14,16m.

Já no Lançamento do Disco, Yasmin Jandre Piske ficou com a 10ª posição, alcançando 42,55m; e Ricardo Konell fez 1,95 no Salto em Altura – sua melhor marca no ano -, terminando em oitavo lugar.

Segundo o treinador Odair Luiz dos Santos, o Chico, é gratificante poder ver quatro atletas, de alto nível, competido entre os melhores do país e terminando entre os 10 melhores.

“Esta foi a primeira vez que levamos quatro participantes para o Troféu Brasil e, de maneira geral, tivemos uma experiência muito boa, afinal, estávamos entre atletas olímpicos, o que tornou as disputas muito fortes. Além da própria competição, que foi realizada no local que recebeu as Olimpíadas de 2016. Nosso pessoal ficou bastante entusiasmado e, também, por se tratar de nível adulto, tivemos resultados bem relevantes. É gratificante demais acompanhar a evolução de cada um deles, isto nos inspira para alçar voos cada vez mais altos”, destaca.

 

 

Ainda segundo treinador, a hora é de focar em outras competições, a fim de melhorar as marcas, para a disputa o Troféu Brasil, em 2023.

“Os quatro atletas chegaram aqui nas melhores condições, trabalhamos muito para chegar até aqui e o resultado foi obtido. Agora é continuar trabalhando, participando de outras competições para que na competição do ano que vem, possamos ter colocações ainda melhores”, finaliza.

A delegação catarinense terminou na segunda colocação geral, com 10 medalhas (três de ouro, quatro de prata e três de bronze), atrás apenas de São Paulo, que conquistou 39. Por equipes, o Esporte Clube Pinheiros venceu o Troféu Brasil, com 435 pontos, sendo campeão no masculino (195,5) e feminino (239,5). Esse foi o sétimo título consecutivo do clube de São Paulo na competição.

Notícias relacionadas

Mais Lidas

Publicidade