Comunidade

Em busca de mais qualidade de vida

Família busca auxílio para comprar cadeira de rodas que oferece mais conforto

28 de maio de 2022

Foto: Arquivo pessoal

Há alguns anos, o Jornal de Pomerode acompanha a trajetória de superação de Ana Luísa dos Santos, carinhosamente conhecida como Aninha, portadora da Síndrome de Williams. E, agora, a nossa pequena guerreira enfrentará mais um desafio, pois foi diagnosticada com uma doença chamada Paraparesia Flácida (Tetraplegia Flácida), ainda pouco conhecida no meio médico.

continua após a publicidade

No dia 12 de maio, Aninha teve uma consulta de retorno com os médicos responsáveis pelos cuidados paliativos pediátricos. E uma das conclusões desta consulta foi que ela precisa de uma cadeira de rodas nova, uma vez que está começando a perder o controle do tronco e da cabeça, o que lhe causa muito desconforto. “Para que possamos levá-la para as consultas e terapias respiratórias, Aninha precisa urgentemente de uma cadeira de rodas reclinável, com cinto, apoio de tronco, cabeça e pernas”, afirmou a mãe, Luciana Kreuzfeld dos Santos, em uma publicação em rede social.

Esta cadeira de rodas especiais pode ter um custo total de R$ 3.500,00 e, para conseguir adquirir o equipamento, a família precisa de ajuda da comunidade. “Queremos proporcionar todo conforto possível mesmo que a doença da Paraparesia Flácida não tenha cura”, escreveu, na publicação.

continua após a publicidade

Por outro lado, a menina também tem motivos para sorrir já que, desde o dia 18 de maio, Aninha começou a ter aulas em casa com um professor contratado pela Secretaria Estadual de Educação, para que não fique sem o acompanhamento escolar do ensino médio. As aulas são uma parceria com a escola Erwin Curt Teichmann.

“Aninha tem muitas dificuldades físicas, tivemos que adquirir uma poltrona pra que ela pudesse ficar sentada por algum tempo, fizemos uma mesa adaptada pra que ela pudesse fazer suas atividades. O professor Uelton é muito dedicado, gentil e estamos sempre juntos respeitando os limites da Aninha” afirma Luciana.

Por fim, Luciana agradece a todos que ajudaram na caminhada para oferecer a melhor vida possível à Aninha.

“Gratidão a todos pelo apoio que temos recebido pra cuidar da nossa Aninha. Podem ter a certeza de que muito pouco sabemos sobre o que a Paraparesia Flácida, está doença tão pouco conhecida fará com o corpo da nossa Aninha, mas sua mente, seu espírito e seu corpo receberam todos os estímulos necessários para continuar vivendo de forma saudável e feliz. Esperamos em Deus um milagre todos os dias, e todas as orações e palavras de carinho tem nos mantidos firmes na busca pelo melhor pra nossa pequena grande guerreira”, enaltece.

Para quem quiser contribuir para a compra da cadeira de rodas, pode doar para uma conta em nome de Ana Luisa, cuja chave pix é 086.584.829-79/CPF, ou entrar em contato pelo WhatsApp (47) 99228-7966.

Notícias relacionadas

Mais Lidas

Publicidade