Polícia

Armas utilizadas em execução de homem a tiros, em Indaial, são encontradas pela PM

Crime ocorreu no dia 04 de março, em frente a uma creche

23 de março de 2024

Nesta sexta-feira, 22 de março, Polícia Militar, por meio dos agentes do 32º Batalhão, encontrou e recuperou as armas que teriam sido utilizadas para matar um homem em frente a uma creche, no dia 04 de março, em Indaial.

De acordo com as informações divulgadas pela PM, após o encerramento da ocorrência, no dia do crime, os autores foram presos e sabia-se que eles ficavam baseados na Rua Palotina, em Indaial.

Os polícias do serviço velado continuavam em buscas pelas proximidades, quando foram abordados por um homem, que não quis se identificar.

Ele contou à Polícia que, na data dos fatos, avistou um veículo de cor cinza, parado em um local ermo da via, o que gerou uma certa suspeita. Os policiais do serviço velado intensificaram as buscas nesse local apontado pelo colaborador e conseguiram encontrar armas de fogo.

Segundo a Polícia, foram localizadas duas armas da marca Glock, sendo que ambas tinham calibres compatíveis com os que foram utilizados no crime. Uma delas era um modelo G17, cal. 9mm, e outra modelo G22, cal. .40mm.

Também foram localizados quatro carregadores, dois compatíveis com cada uma das armas, além de munições também para as duas armas.

Diante dos fatos foi recolhido o material, lavrado o boletim de ocorrência pela guarnição de área e todo material entrega as autoridades policiais para futura apuração dos fatos.

Relembre o caso

Na manhã de 04 de março, um homem foi morto a tiros em frente a uma unidade de educação infantil de Indaial. Uma mulher e uma criança também ficaram feridas, quando dois homens abriram fogo contra um homem.

Após as primeiras investigações, a vítima foi identificada como Marcos Gama Barroso, de 41 anos, também conhecido como “Marcola”, era procurado pela Polícia Civil do Amazonas desde 2022. Ele tinha um mandado de prisão contra si pelo crime de homicídio e seria membro de uma organização criminosa.

Ainda no Amazonas, “Marcola” era conhecido como um “gerente do tráfico” em um bairro e a Secretaria do Estado de Segurança Pública do Amazonas, também em 2022, publicou imagens dele para tentar encontrá-lo.

Também, no dia 04, os suspeitos de serem os autores do homicídio foram presos no estado de São Paulo, após troca de informações entre a agência de inteligência da Polícia Militar, do 32º BPM, em Indaial, agência de inteligência e tático do 10º BPM, de Blumenau, com a Polícia Militar de SP e do estado do Paraná.

De acordo com a PM, após serem abordados, os suspeitos confessaram o crime praticado em Indaial.

Notícias relacionadas