Esporte

Apan / Eleva se prepara visando o segundo jogo do returno da Superliga

Time blumenauense já está no Centro-Oeste brasileiro, para o confronto contra o Goiás Vôlei.

14 de janeiro de 2022
Apan já está em Goiás para o confronto

Foto: Raphael Guilherme Moser / Assessoria Apan

A equipe da Apan / Eleva embarcou nesta quinta-feira, 13 de janeiro, para Goiás, onde no sábado, dia 15, enfrentará o Goiás Vôlei, pela segunda rodada do returno da Superliga Banco 2021-22. A disputa, que ocorre às 19h, no Ginásio Rio Vermelho, com transmissão ao vivo pela Sportv2, será de superação para o time blumenauense, com ausências dentro e fora de quadra, por conta da Covid-19.

continua após a publicidade

Na semana passada, o oposto Jamelão não atuou contra o Azulim / Gabarito / Uberlândia, após testar positivo para a doença. Seu retorno contra Goiás ainda depende de um segundo teste, que será feito na capital goiana. Nesta semana, o vírus tirou o levantador Rodrigo Ribeiro do jogo, que está bem, mas cumprindo isolamento em casa, conforme os protocolos estabelecidos na legislação e no regulamento da competição. Fora de quadra, o time não poderá contar com o técnico André Donegá e o preparador físico Jonas Deschamps, que também positivaram, em teste realizado no início da semana.

Com a ausência de Donegá, o auxiliar técnico Marcel Ramos (China) assume interinamente o comando do time. O ponteiro Renan Bonora também não viajou para Goiás, em razão de uma indisposição e a recomendação de repouso por parte do departamento médico. Além de Jamelão, há a expectativa para o retorno do central e capitão Ialisson, desfalque em Uberlândia. Mesmo diante da situação, Donegá “faz do limão uma limonada”, assinalando ser um bom momento para testar a força do grupo.

continua após a publicidade

Mesmo ausente em quadra, em isolamento domiciliar, Donegá vem auxiliando a comissão técnica nos treinos e na montagem da estratégia de jogo, de forma virtual. Ao analisar o adversário de sábado, o técnico ressalta ser um dos times que mais evoluiu no primeiro turno, mesmo sendo o último a ser formado para disputa da Superliga.

“Precisamos tomar muito cuidado. Em casa, eles impõem seu ritmo e nós precisamos superar as dificuldades com muita inteligência e disciplina tática para equilibrar as ações e trazer pontos de Goiânia”, assinalou.

O Goiás soma seis pontos ganhos, com duas vitórias em 11 jogos, ocupando a 11ª colocação. Já a Apan está em sexto lugar, com 21 pontos. Se vencer, abre dois ou três pontos sobre o Vedacit Vôlei Guarulhos, mas com dois confrontos a mais. O time paulista ainda não estreou no returno, por conta de casos de Covid-19, forçando o adiamento das partidas. Uma vitória de 3 a 0 ou 3 a 1, combinada com um tropeço do Sesi diante do Montes Claros / América, em partida prevista para domingo, dia 16, no interior de Minas Gerais, pode colocar os comandados de Donegá numa quarta colocação provisória, pois a equipe paulista tem um jogo a menos.

Fonte: Assessoria de Comunicação Apan

 

Notícias relacionadas

Mais Lidas

Publicidade