Comunidade

Aninha receberá doação da cadeira de rodas reclinável

Um grupo de amigos adquiriu o equipamento e fará a doação à menina

16 de junho de 2022

Foto: Arquivo pessoal

Nesta semana a família da menina Ana Luísa dos Santos, carinhosamente conhecida como Aninha, portadora da Síndrome de Williams e de Paraparesia Flácida (Tetraplegia Flácida), recebeu uma ótima notícia: a cadeira de rodas reclinável, da qual ela precisa, foi adquirida e será doada à Aninha por voluntáirios.

continua após a publicidade

Uma amiga da família reuniu um grupo de conhecidos e, juntos, conseguiram comprar o equipamento. Segundo a mãe de Aninha, Luciana Kreuzfeld dos Santos, havia a expectativa de alcançarem o valor necessário para comprar a cadeira nesta semana, mas foram surpreendidos com a novidade. O equipamento, em breve, será entregue à Aninha.

“Nós ficamos muito gratos com essa notícia, de termos sido lembrados por uma pessoa que passou pela vida da Aninha, na época da escola, e que agora pode tornar a vida dela melhor. É uma história muito bonita, que nos faz pensar quantas pessoas ainda têm o coração tão bom. Nós choramos muito, de felicidade por esta surpresa”, disse Luciana.

continua após a publicidade

Como a família estava organizando uma vaquinha virtual para arrecadar o valor, o que já foi dado será revertido às obras de adaptação do quarto da Aninha, que também era uma necessidade mais urgente, bem como para custear as sessões de fisioterapia e demais cuidados que ela precisa. Luciana destaca que o valor será integralmente revertido aos cuidados com a Aninha.

“Já começamos a desmontar o quarto dela, para pintar com tinta mineral, conforme os médicos solicitaram, devido à questão de ser antimofo, além de trocar alguns móveis para ser mais prático cuidar dela. Agora vamos conseguir mudar o quarto e deixar tudo certinho, como os médicos pediram, para evitar que os problemas respiratórios se agravem. Vale a pena, sim, ter fé momentos difíceis, que sempre vão existir, mas não podemos fugir da realidade, mas que vale muito muito a pena ter fé e esperar em Deus”, destaca.

Notícias relacionadas

Mais Lidas

Publicidade